5 artistas que você não vai querer perder no TRIBE Festival

artistas TRIBE

Um dos festivais de música eletrônica mais queridos e tradicionais do Brasil, o TRIBE Festival comemora seu aniversário de 20 anos no dia 14 de maio na Arena Maeda em Itu, interior de São Paulo. Com dezenas de nomes apresentando o melhor dos mais variados estilos de música eletrônica como Psy Trance, Techno, Tech House, Melodic House entre vários outros, selecionamos cinco artistas que você não vai querer perder no TIRIBE Festival, confira!

Participe também do nosso grupo de WhatsApp Tribe para ficar por dentro de todas as novidades do evento, conhecer pessoas e compartilhar experiências do evento, além de ter acesso a benefícios exclusivos! Confira também mais sobre nossos outros grupos neste link!

Garanta já seu ingresso via site ou app da Ingresse, clicando aqui.

Gordo

Diamanté Anthony Blackmon, DJ e produtor guatemalteco responsável pelo projeto Carnage, conhecido por sua sonoridade voltada à bass music, trap e dubstep, apresentou seu novo projeto chamado Gordo. Com uma guinada brusca na sua sonoridade, o artista conquista novos fãs e novas pistas de dança ao redor do mundo trazendo sua leitura de House Music com influências latinas e com energia perfeita para os festivais.

Depois de 14 anos atuando na cena mainstream nos principias festivais ao redor do mundo, colecionando mais de 2 bilhões de streams nas plataformas e centenas de apresentações memoráveis, Carnage dá um passo adiante e assume a nova personalidade com sonoridade dançante, envolvente e emocionante.

Com uma colaboração com um dos duos mais quentes da House Music atual, The Martinez Brothers, Blackmon, ainda como Carnage, abriu as portas para sua nova estética sonora, que trazem um toque de nostalgia aliado à atmosfera única de sempre estar evoluindo que só a House Music proporciona.


WhoMadeWho

O projeto é um trio experimental dinamarquês, que passeia pelos gêneros Indie Rock e Dance Punk. Seus integrantes são: o guitarrista Jeppe Kjellberg, o baterista Tomas Barford e o cantor e baixista Tomas Høffding. Você pode até estar se perguntando: “o que uma banda experimental está fazendo em um festival de eletrônica?”, mas a pegada criativa e alternativa do grupo de Copenhague acabou se misturando com as batidas eletrônicas encontradas nos clubs, tornando os artistas um exemplo perfeito das novas sonoridades que o TRIBE quer apresentar no Palco Backstage.

Ano passado o trio abriu a agenda de apresentações da label francesa Cercle. No dia 22 de fevereiro de 2021, WhoMadeWho apresentou seu álbum “Synchronicity” no templo Abu Simbel, no Egito, erguido no século 13 a.C, na região da Núbia, próximo ao banco ocidental do Rio Nilo. Confira a apresentação abaixo:

Desde o ano passado, a banda tem divulgado pequenas informações do seu próximo álbum: “UUUU”. Quatro singles já foram lançados: “Mermaids”, “Summer”, “Silence & Secrets” – que ganhou remixes de Black Coffee, Adriatique e Frank Wiedemann – e “UUU”, a última produzida em parceria com Rampa e lançada no dia 29 de abril. O álbum completo está programado para ser lançado dia 27 de maio pela gravadora alemã Embassy One.


Moritz Hofbauer

Tocando violoncelo na orquestra local e teclado em uma banda, a relação de Moritz Hofbauer com a música começou cedo. Sua curiosidade o levou a combinar esse amor pela música com baterias eletrônicas e sintetizadores. Ele começou a complementar suas composições para piano com batidas eletrônicas e sua paixão pelo Deep House e Melodic Techno evoluiu rapidamente.

Aos 15 anos, Moritz já garantia seu lugar comandando pistas de clubs locais, e em 2015 lançou sua track“In Between” pela Jeudi Records, que representou um marco em sua carreira. Lançamentos por importantes gravadoras c e remixes para artistas como Township Rebellion, Ben Böhmer e Nils Hoffmann passaram a ser mais comuns para Mortiz, que se estabeleceu firmemente na cena underground, tocando em importantes festivais clubs pela Europa. 

Moritz é o mais novo membro da família FCKNG SERIOUS, do astro Boris Brejcha, e se prepara para trazer sua apresentação em formato live act. O artista promete conquistar a pista de dança com sua sonoridade intensa, melódica e emocionante, trazendo muita energia para o palco TRIBE CLUB.


Be Svendsen

O místico dinamarquês aterrissa na Arena Maeda trazendo seu som único que mistura uma miríade de estilos e músicas tradicionais. Em 2011, o produtor e músico deu início ao seu projeto solo, com uma série de remixes e EPs, como “Catchpenny & Cosmos” e “Masquerade”, mas suas ondas sonoras se espalharam pelo mundo em 2014, após grande sucesso de suas apresentações live no Fusion Festival na Alemanha e BOOM Festival em Portugal- dá só uma olhada no set dele no Alchemy Stage:

Svendsen coleciona apresentações pelo mundo, em festivais como Burning Man, AfrikaBurn Symbiosis, e turnês pela Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália e África. Além de tracks pelas gravadoras Crosstown Rebels, Clown & Sunset e All Day I Dream, o DJ lançou seu primeiro álbum em 2018, intitulado “Between A Smile and A Tear” e é dono de hits como seu remix de “Tarlabasi” de Oceanvs Orientalis com mais de 16 milhões de streams no Spotify, “Man O To” de Nu e “Nabia”.

Os sets de Svendsen levam a plateia a uma viagem experimental profunda, com uma paisagem sonora cinematográfica, seguindo a crença do artista de que “a música, em última instância, deve conectar as pessoas ao quadro mais amplo”.


Guy Mantzur

O DJ e produtor israelense é especialista em criar música eletrônica que desafia a classificação dos gêneros. Com influências do Tech House, Techno e Progressive House, Guy criou seu próprio som, instantaneamente reconhecível por suas melodias hipnóticas únicas e grooves sedutores.

A carreira de Mantzur começou em 2007, com seu primeiro lançamento pela Plattenbank, gravadora sediada em Munich, da qual ele é um dos donos e responsável pelo artístico e repertório. Ainda, desde 2013, ele é residente do clube mais popular de Tel-Aviv: The Cat & The Dog, título que concedeu ao DJ o prêmio XL de “Melhor DJ Underground de Israel” no mesmo ano.

A última edição do “A Guy In..” aconteceu em Jerusalém, no ano passado, na Torre do Museu de Davi. Confira abaixo: 


TRIBE Festival
Data: 14 de maio de 2022 (sábado)
Horário: a partir das 16h
Local: Parque Maeda (Rod. Dep. Archimedes Lammoglia – Km 18, Itu – SP)
Atrações: Albuquerque; Ann Clue; Astrix; Aura Vortez; Avalon; Be Svendsen; Boris Brejcha; Brisotti; Dekel; D-Nox VS Du Serena; Eddy M.; Eric Olliver; Eli Iwasa; Edu Poppo VS Rapha Fernandes; Enrico Sanguiliano; Gabe; Ghost Rider; Gordo; Guss; Guy Mantzur; Headroom; Liquid Soul; Loco Dice; Marcos Strous; Melanie Ribbie; Mind Freak; Moritz Hofbauer; Nicko Izzo; Omiki; Reality Test; Renato Ratier; Touchtalk; Township Rebellion; Vegas; Vini Vici; Vitor Vinter; WhoMadeWho Live; Wrecked Machines; William Marques; Zac
Ingressos: sujeito a disponibilidade de lote via Ingresse
Redes sociais: @tribe_oficial
Evento para maiores de 18 anos.
Obrigatória apresentação de comprovante de vacinação.

Leia também: Quanto custa ir para a Tribe, na Arena Maeda?

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome