8 tendências que vão dar forma à indústria da música em 2022 de acordo com o Viberate

tendências Viberate

A indústria da música está em constante movimento em todas as suas esferas. Artistas, festas, festivais, gravadoras, eventos institucionais e palestras vão formulando a cara do mercado ao longo dos anos. A beleza na indústria musical está justamente nessa liquidez, em que ano após ano, inova e modifica os gostos do público no que diz respeito ao consumo e aos interesses. Nenhum ano é como o outro, e as mudanças trazem calor, criando expectativas para o que vem de novo e inovador. Quem nunca se pegou imaginando o que está por vir, quais novos artistas vão explodir e quais são as novas sonoridades que vão marcar presença na maioria dos shows, festas e eventos? De acordo com o portal Viberate essa lista com oito tendências para o mercado de 2022 pode ajudar a dar algumas dicas do que esperar, confira:

Tudo será mais personalizado

Os projetos e artistas que se saíram melhor em 2021 tiveram mais cuidado na criação de abordagens especiais para os fãs. Olhando, por exemplo, para o Twitter, os fandoms como o “BTS Army” impulsionam novos lançamentos em milhões de streams. Isso faz com que o sucesso de um artista dê um salto, seja na forma de promoção, merchandising, acesso especial, streams.

kalla orbis

Mais artistas de língua não inglesa emergem ao Mainstream

O BTS chegou à lista dos 5 melhores em quase todos os canais, enquanto o pop asiático e o latino, sobretudo o Reggaeton, tiveram uma campanha muito forte em 2021 no YouTube. A música de língua não inglesa está crescendo em canais livres de limitadores, lentamente levando artistas que não falam inglês, como os representantes do Reggaeton, Funk, K-Pop, J-Pop para o mainstream.

O Rock será restaurado

Em virtude da movimentação do Punk Rock no TikTok, a sonoridade está chegando às novas gerações, mesmo quando representado por artistas que normalmente não seriam considerados representativos do gênero, como por exemplo Olivia Rodrigo e Machine Gun Kelly.

As barreiras entre os gêneros se tornam cada vez mais tênues

A variação entre gêneros musicais está mais popular do que nunca. Os artistas que mais inovaram em 2021, bem como seu público, demonstraram preferência aos moods em vez dos rótulos de gêneros tradicionais, com a tendência se estendendo a playlists populares com faixas para ocasiões específicas, como dirigir, estudar, relaxar…

O TikTok lança o artista, mas o Spotify cria o negócio

O TikTok é a plataforma em que a maioria dos talentos é descoberta, mas o Spotify é quem separa aqueles que têm um potencial maior de realmente desenvolver uma carreira sólida. Artistas promissores estão adotando a promoção entre canais, onde o TikTok atua impulsionando os números de streaming nas demais plataformas.

Os vídeos curtos devem dominar ainda mais

Mesmo com edições e cortes que passam longe da perfeição, o público celebra a abordagem DIY – do it yourself, ou em tradução livre, faça você mesmo – dos vídeos do TikTok, além é claro, dos Reels no instagram e os Shorts do YouTube. Para os artistas, este será o formato mais útil para promover sua música e aumentar sua base de fãs.

A ascensão da monetização digital

2020 impulsionou a indústria para o meio online em busca de fontes alternativas de receita. Em 2022, a imersão no digital deve ser ainda maior,  incluindo ainda mais conteúdo monetizado como gorjetas, produtos digitais, assinaturas, NFTs etc.

Dados vão ajudar os artistas emergentes a realmente despontarem

A maioria do crescimento dos streams, engajamento de mídia social e da base de fãs pertence ao top 1% dos artistas analisados. A análise de dados, amplamente acessível até mesmo para artistas emergentes, será a ferramenta mais fácil para ajudar todos a se manterem competitivos.

Leia também: 8 DJs e produtores que têm sua própria gravadora

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome