Anderson Noise e Renato Ratier em livestream no Estádio Mineirão

Anderson Noise e Renato Ratier

Dois grandes nomes do cenário eletrônico nacional vão unir duas das maiores paixões dos brasileiros: música e futebol. No dia 25 de Junho Anderson Noise e Renato Ratier, dois dos principais artistas da cena Techno do Brasil vão gravar um set especial no Estádio Mineirão para comemorar os 21 anos do D-Edge e trazer visibilidade para o mês da sustentabilidade.

A relação de Noise com Ratier e com o D-Edge já vem de um longo tempo. O DJ e produtor belo-horizontino foi um dos primeiros a firmar residência no club, logo no mês de inauguração, quando o espaço existia apenas em Campo Grande, no ano 2000. Em 2011, quando surgiu a festa Superafter, já em São Paulo, também tornou-se residente da noite, liderando os afters de domingo no club paulistano.

Minha amizade com o Renato vem de muitos anos, antes mesmo do D-Edge existir. Quando comecei a residência lá em Campo Grande, foi um momento pessoal muito importante, então fazer parte do time até hoje e acompanhar esses 21 anos de história do D-Edge com tantas conquistas, é algo que me enche de orgulho. Sei que o club vai voltar ainda mais forte quando tudo isso passar e o primeiro passo estamos dando com essa live especial, um projeto inédito que tenho certeza que irá ficar marcado na memória de todos nós”, comentou Anderson Noise, animado com a iniciativa.

Já com o Estádio Mineirão, o techneiro também tem uma proximidade muito grande, tanto que em 2017 ele lançou “Mineirão”, faixa que marcou os 52 anos do estádio e batizou o release de de número 96 do selo Noise Music. Nela, o produtor imprimiu uma combinação “frenética e inquietante de três sintetizadores” com “gritos enlouquecidos da torcida”, que a deixaram com um jeitão bem brasileiro — a música faz parte da serie TRINTA, um projeto audiovisual realizado em parceria com o fotógrafo Fábio Mergulhão.

Para fechar essa ação com chave de ouro, tudo fica ainda mais especial sabendo que em junho é celebrado o mês da sustentabilidade. Quem conhece sabe que o Mineirão adota práticas sustentáveis e hoje dispõe de um sistema que reaproveita a água da chuva, além de gerar energia limpa e renovável por meio de uma usina solar fotovoltaica com 6.000 células de silício cristalino instaladas em 9.500 metros quadrados de área na cobertura do estádio, o que o torna um dos mais sustentáveis do mundo.

A livestream de Anderson Noise e Renato Ratier acontece a partir das 15 horas de sexta-feira (25) e será transmitida através do canal da Twitch de Anderson Noise e também pelo YouTube do D-Edge.

Sobre a Radio Noise 

Lançada no dia 25 de setembro de 2001, é a primeira rádio online de música eletrônica do Brasil. Transmitida por mais de 17 Anos teve programas semanais que somaram 778 edições, difundidos em 25 estações de rádios em 14 países.

O histórico de Anderson Noise

Na ativa desde o final dos anos 80, Noise soma mais de 33 anos de carreira, se apresentou em mais de 32 países, subiu no palco de festivais icônicos como o Skol Beats, lançou centenas de singles e EPs, muitos deles por sua própria gravadora, a Noise Music, e até já ganhou sua própria biografia, ‘O Barulho da Lua Escrita’, escrita pela jornalista Claudia Assef. Já produziu grandes colaborações, como com a cantora Daniela Mercury, o projeto João Carlos Martins & Anderson Noise in Concert com a Orquestra Filarmônica Bachiana, entre tantos outros, como o Nie Myer, que mistura Bossa Nova, Jazz e música eletrônica. 

Sobre Renato Ratier

Com mais de 25 anos de carreira, o DJ Renato Ratier é um dos fortes pilares da música eletrônica brasileira. Além da idealização do D-Edge, ele também se destaca como um produtor versátil, lançando desde Disco Music a Techno, com EPs e singles assinados em selos renomados como Get Physical, Kompakt, Natura Viva, Best Works Records, além, é claro, das gravadoras do próprio club: D-Edge Records, D-Edge Records Black e Olga. Atualmente, Renato Ratier é um dos DJs brasileiros mais requisitados no mercado e hoje colhe os frutos de quase três décadas de um trabalho autoral e artístico cheio de paixão. 

A trajetória do D-Edge

O D-Edge surgiu no ano 2000, inicialmente em Campo Grande, onde ficou até 2005. Chegou em São Paulo em 2003 e desde então se mantém fincado na selva de pedra como um dos clubs mais emblemáticos do planeta. Isso materializou-se em prêmios consecutivos conferidos ao D-Edge, muitos por sua arquitetura e iluminação, com projeto assinado por Muti Randolph, e sound system de primeira, já que também foi o primeiro a receber o Funktion One no Brasil. A estimativa é que o club já tenha recebido mais de 30 mil DJs em 20 anos, sendo pelo menos 6 mil nomes internacionais.

Leia também: Siamese lança single ‘Feeling Good’ ao lado do italiano Luca Lazza

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e estudante de publicidade, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome