Bunny Tiger apresenta “Latin American Collection Vol. 2”

Collection Vol. 2

Com curadoria e mixagem dos mexicanos Andruss e Dmitri Saidi, a Bunny Tiger apresenta a “Latin American Collection Vol. 2”, coletânea de faixas criteriosamente selecionadas por meio de um concurso para produtores latino-americanos.

Assim como foi no volume 1, “Latin American Collection Vol. 2” traz um olhar acurado sobre o tech house da América Latina, destacando artistas como Rayzir, Groove Killah, Camilo Do Santos, Javi Colina e os brasileiros FeelGood, Duarte, Veltron, Wolf Jay e Vini Sist.

kalla orbis

Dentre todas as músicas, é claro, há diversas que homenageiam com samples mais explícitos as raízes musicais do nosso continente, como “La Juliete”, de Dmitri Saidi e Rayzir, “Say That Again”, de Marambaia, “Bem Bem”, de Jungle Jack (que, inclusive, tem direito a sample brasileiro), “La Española”, de Siul Gonzales, “PARRANDA”, de Javi Colina, Quoxx e Arzenic, “Zenaida”, de TIJS, e “Sigo Para Arriba”, de V-Lake.

E assim como foi com sua antecessora, há espaço para pitadas de outras vertentes da house music para além do tech house, como minimal/deep tech (“Love Needed”, de Casas), acid (“No Acid No Party”, de Camilo Do Santos) e melodic (“Muevequete”, de Vibn).

Os volumes 1 e 2 de “Latin American Collection” são resultado de uma parceria entre Bunny Tiger, Delicious Recordings, Pioneer Global Colombia e HM. O primeiro V.A. foi mixado e curado pelos bosses das duas primeiras gravadoras: o alemão Sharam Jey e o boliviano radicado no Brasil, Jean Bacarreza

Leia também: Federico Ambrosi estréia na Delicious Recordings com seu EP “Say Hush”

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome