Com open de água e crescimento da música eletrônica, saiba como foi o Lollapalooza Brasil 2019

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Vem ano, vai ano e a gente não entende como três dias de festival podem passar tão rápido. São meses esperando, e quando a gente vê, mesmo chegando cedo no festival, já acabou. Contar como foi o Lollapalooza Brasil 2019 é relembrar várias experiências diferentonas e sentir saudade, mesmo ainda com dores no corpo de tanto andar por lá!

Para nós isso é uma das provas de como o festival foi bom – sair com a sensação de que poderia ter tido mais um dia para gente andar por lá. Mesmo tendo participado de todas as edições, o Lolla ainda consegue surpreender. Entrar no Autódromo de Interlagos e ver toda aquela estrutura, os palcos e os caminhos já tão conhecidos dá uma sensação de alegria que todo apaixonado por festival sabe como é!

Com várias ativações super legais e shows inéditos no Brasil, foi difícil explorar cada cantinho do festival, mas fizemos nosso melhor! Confira nesse post os principais pontos sobre nossa experiência por lá:

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Mais um ano de Ônix Day

A Chevrolet novamente transformou a quinta-feira em um grande esquenta para o festival! Com shows de Macklemore, Portugal The Man e Sam Smith, muita gente – muito mais do que no ano passado – pode ter um gostinho do que ia rolar por ali nos próximos três dias.

O público eletrônico não para de crescer!

Colocando em pauta o público que curte música eletrônica, esse ano foi mais uma prova de que o estilo não para mesmo de crescer. Em vários momentos nós nos impressionamos com a quantidade de pessoas aproveitando o Palco Perry’s by Doritos. Na sexta-feira Loud Luxury entrou 16h30 com um palco cheio, para uma galera que já estava animadíssima cantando todo os hits, e isso não foi diferente nos outros dois dias. O Perry se manteve incrível durante todo o festival.

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Ah, aqui vai um ponto que o Lolla poderia ter caprichado um pouquinho mais. Faltou um “piso” para cobrir a terra e as pedrinhas do Perry! Esse foi um dos principais pontos que o pessoal veio comentar conosco que sentiu falta nesse ano.

Shows incríveis para todos os gostos

Nosso objetivo aqui é sempre avaliar como foi a experiência em si do festival sem entrar tanto no quesito line up e música. A gente sabe que cada um tem um gosto, que teve muita gente insatisfeita com o line up desse ano e que tiveram outras pessoas que, como sempre, aproveitaram muito os shows por lá.

No nosso caso, acabamos cobrindo mais o palco eletrônico mas sem deixar os principais shows que queríamos assistir de lado. No primeiro dia vimos Sam Smith e Arctic Monkeys, saindo um pouquinho antes para pegar o final de Tiësto. Infelizmente perdemos KSHMR, que muita gente disse que foi o melhor do festival.

No segundo dia, nosso destaque fica para o incrível / impressionante / hipnotizante show do ODESZA. Gente, é uma mistura de instrumentos com performance que deixa qualquer um de cara -> nós recomendamos e muito. Infelizmente perdemos Post Malone que foi muito elogiado, mas né, escolhas da vida. Ainda deu tempo de ver o finalzinho de Kings of Leon, que fazia um showzasso para a galera do palco principal.

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

No último dia foi a vez da atração Rüfus do Sol, banda australiana que teve sua estreia tão esperada pelos fãs brasileiros (e por nós também, que mal podíamos esperar pelo show e pela entrevista que fizemos com eles – que em breve estará no ar!). Teve também o show de trap melódico e eletrizante do RL Grime e o fechamento da dupla que já foi eleita #1 do mundo em 2015 Dimitri Vegas & Like Mike. Ao mesmo tempo, uma multidão de fãs de hip hop viam a histórica e inédita apresentação do ícone Kendric Lamar.

Não dá para não falar da tempestade…

Quem está acostumado com eventos no Autódromo já deve ter enfrantado bastante chuva por ali. Electric Zoo, EDC Brasil e até mesmo outras edições do Lolla já nos fizeram andar muito na lama. Dessa vez a situação foi mais alarmante: a previsão era de muito raio na região, e por isso a organização decidiu pausar o festival momentamente. Enquanto os seguranças afastavam o pessoas das áreas metálicas, a desinformação foi geral e muita gente acreditou que o Lolla estava sendo evacuado e tinha tido o sábado cancelado. Os portões foram fechados por volta das 15h e só foram reabertos perto das 17h, o que acabou gerando fila nas entradas. Mesmo com o evento voltando à normalidade no fim da tarde, muitos que tinham reservado apenas o sábado para curtir o Lolla se sentiram prejudicados e acabaram “perdendo” uma boa parte do dia.

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Banheiros com água.. porém sem papel 🙁

Já não é de hoje que em todas estações de banheiro tem uma piazinha com água, o que achamos maravilhoso! Mas para ser 100% ainda falta o cuidado de mantê-los sempre com papel higiênico! Achamos também que a quantidade de banheiros está boa para atender todo mundo, foram 13 estações espalhadas por todo o evento.

Mais opções de alimentação

Nesse ano tivemos mais opções no Chef Stage, os já conhecidos food trucks espalhados pelo festival e o novo espaço da Hellmans, com várias hamburguerias famosas de São Paulo vendendo lanches por volta de R$30.

Ativações maravilhosas que mudaram a experiência do Lolla 2019:

+ Água de graça! Gente, que emoção! Não dá pra contar como foi o Lollapalooza Brasil 2019 sem mencionar essa novidade. O Bradesco estava em três pontos do festival distribuindo squeezes e com várias torneiras com água geladinha para a galera. Vimos filas em alguns momentos mas na maioria do tempo foi bem tranquilo garantir a água ali. Importantíssimo para quem anda tanto naquele autódromo, mandou benzásso.

+ Marcas marcando presença: Quanta coisa legal tinha por lá, gente! Painéis para tirar foto, roda gigante da Samsung, Espaço com salinhas coloridas e super instagramáveis da Fini – com direito a balinhas sendo vendidas por um real no festival! – Adidas pela primeira vez comandando um palco e deixando sua presença nas camisetas personalizadas que qualquer um poderia ganhar no Lolla Store, Espaço Tanqueray + Jhonny Walker com drinks deliciosos, Fusion distribuindo energético gratuitamente em alguns momentos, Doritos marcando presença no Perry e com ambulantes com pacotes gigantes andando pelo festival.

+ Wifi de graça: Tá, não funcionou no autódromo inteiro, mas já foi uma ótima iniciativa. Ajudou muito já que nos anos anteriores nós sofremos muuito sem funcionar nem o 3G por lá.

Na nossa opinião, o Lolla continua sendo um dos melhores do Brasil. Tirando alguns mínimos pontos, que vão sendo melhorados a cada ano, é um dos poucos eventos que trazem aquela vibe festivalzão gringo, com novidades em cada edição, cheio de gente animada andando para lá e para cá. Já estamos no aguardo do Lolla 2020!

como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Leia também: Responsáveis por fechar o Lolla 2019, confira nossa entrevista com Dimitri Vegas & Like Mike.

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here