Como curtir festas na Europa mesmo em tempos de crise

Muitas pessoas querem conhecer o festivais e festas na Europa, mas tem medo do custo da viagem ser muito maior do que podem pagar, ou achar que não é o momento pelo alto valor do Euro. Depois de algumas idas, posso dizer que o planejamento e organização são fundamentais para fazer uma viagem com um valor razoável e se divertir muito!
Se você tem guardado uma quantia boa (acima de R$5.000, por exemplo), você consegue passar uns 7 a 10 dias e ainda ir para festas incríveis. Claro que cada pessoa tem um estilo de viagem, então vou basear as dicas no formato de viagem que eu costumo fazer, que são bem econômicas.
1º passo: Decidir o destino (ou os destinos).
Algumas cidades são mais baratas que outras. Em Londres, por exemplo, quase tudo tem um valor elevado (hospedagem, alimentação), então é um destino que deve ser repensado. Já Berlim, Praga, Budapeste, Barcelona e as ilhas da Croácia são alguns dos destinos com preços mais acessíveis e com muita opção de baladas e festivais.
festas na europa
2º passo: Decidir quando ir
A época do verão europeu costuma ser a mais cara (junho a agosto), mas definitivamente são os meses com mais opções de eventos. Quase todos os grandes festivais acontecem nessa época, então mesmo pelo preço, é a época que eu recomendo a visita. Outros meses como maio e setembro também ainda tem boas opções, mas quanto mais frio, menos evento.
3º passo: Comprar a passagem
O que sempre me ajuda a economizar na viagem é comprar a passagem por milhas. Fico o ano inteiro em função de acumular quantidade suficiente. Na época de verão é difícil, mas possível de encontrar trechos a partir de 25.000 milhas. Mas tem que procurar bastante, por um bom tempo. Costumo começar a procurar 6 meses antes e deixar até 3 meses antes da viagem para ver se abre algum trecho por essa quantidade ou alguma promoção. Nos últimos anos já tiveram algumas promoções no valor próximo a R$1.500, que com taxa fica em torno de R$2.000, mesmo para os meses mais concorridos. O site Melhores Destinos é meu principal guia para promoções, mas precisa ser rápido, pois a maioria acaba em poucas horas! Para os trechos entre as cidades da Europa costumo utilizar o Skyscanner e Kayak, que tem quase todas as companhias aéreas locais, principalmente as low cost. A opção de trem costuma ficar mais cara dependendo do trecho, mas deve ser avaliada também. O site Rome2rio ajuda muito a ver a forma mais rápida e econômica de ir de um destino a outro.
4º passo: Decidir a hospedagem
Se você vai fazer uma viagem sozinho ou com amigos em busca de agitação e conhecer pessoas, a indicação é ficar em Hostel. Você vai encontrar opções que parecem com pouca estrutura, mas em geral nas grandes cidades da Europa tem hostels com estruturas incríveis, com quartos bem arrumados e área comum grande e agitada, por exemplo o Generator Hostel. O melhor caminho é ir nos sites tradicionais que costumam conter a maior quantidade de opções e bastante reviews que ajudam na decisão. Eu costumo acessar o Hostelworld, mas quando escolho algumas opções, entro em outros sites como o Booking.com para confirmar qual tem o melhor preço. Um valor aceitável para um quarto compartilhado entre 6 pessoas é EUR 20, mas pode variar muito entre cidade e perfil do hostel.

5º passo: Decidir a programação
Essa é a parte mais divertida! Procurar os eventos que a cidade oferece. Na verdade esse acaba sendo um fator decisivo para a escolha do destino e da data da viagem. Costumo ancorar a viagem em um festival que quero muito ir e algumas festas ou baladas que ouvi falar que são imperdíveis. E ao redor disso monto o restante da programação, com os passeios que quero fazer na cidade e com outras festas que podem aparecer no caminho.
A parte do festival costuma ser onde vai o maior investimento da viagem, pois além do valor do ingresso (festivais grandes costumam custar em torno de EUR 150 se comprado com antecedência), tem os custos de deslocamento, alimentação e bebida. Não recomendo muito a opção de camping, pois costuma ser um perrengue por um preço nem sempre compensável (você provavelmente terá que comprar uma barraca + o valor da área exclusiva para acampamento), a não ser que você queira MUITO a experiência de camping ou o festival seja muito distante da cidade.

 
No caso das baladas, normalmente as cidades tem as opções mais comerciais, tipo os clubs mais conhecidos, que podem até ter um valor salgado para entrar (em torno de EUR 20) e as festas e bares que pessoas locais frequentam, que muitas vezes não cobram entrada. É importante fazer uma boa pesquisa antes de viajar,  para não correr o risco de chegar na cidade e não saber para onde ir. Podem surgir boas indicações no hostel ou de alguém que você conheça na viagem, mas é sempre bom ter opções na manga!
6º passo: Calcular o custo da viagem
É muito importante colocar toda a programação em uma planilha com os custos estimados. A primeira versão dos custos deve ser feita antes mesmo de fechar as passagens e hospedagem, para que possa ter uma noção de quanto pode gastar com cada item. O valor de alimentação varia muito do perfil de cada viajante, mas para alguém que está disposto a se alimentar de fast food ou restaurantes mais simples, é possível gastar até EUR 20 por dia com comida.
Considere também custos extras com transporte dentro da cidade ou pequenas coisas que você precisa comprar durante a viagem. Costumo deixar uns EUR 10 por dia para isso.
Controlar os gastos durante a viagem e garantir que está dentro do planejado é fundamental para não ter surpresas na chegada da conta do cartão de crédito depois da viagem!
Tem diversas outras informações que ajudam no planejamento de uma viagem low cost para a Europa para quem quer conhecer festas e festivais, mas esse resumo pode ajudar a encorajar quem ainda tem dúvidas se vale a pena ir mesmo em época de crise!
festas na europa

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

Administradora paranaense, morou alguns anos em São Paulo e adora as várias opções de festas e eventos que a cidade oferece. É viciada em festivais, não tem medo de encarar um sozinha! Já passou por mais de 15 fora do Brasil, como Creamfields (UK), SXSW (Austin), Coachella (CA), Ultra (Miami e Croácia) e Mysteryland (NL). Divide suas paixões musicais entre techno e indie rock!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here