Como foi o Lokerse Feesten, o festival mais aconchegante da Bélgica

No dia 03 de agosto fiz minha estreia no festival belga Lokerse Feesten, um festival que rola por 10 dias há mais de 40 anos numa cidadezinha chamada Lokeren no interior da Bélgica. Aproveitando que já estaria na Bélgica por causa da W2 do Tomorrowland, resolvi esticar minha viagem pra assistir o retorno da minha banda favorita, o Keane. E o festival foi uma experiência que eu já tinha esquecido como poderia ser, já que ando muito mais acostumada com grandes festivais hypados como Lollapalooza, Tomorrowland e Rock in Rio.

Como chegar

Quando decidi ir ao Lokerse Feesten por causa do Keane, eu achei que seria um festival na capital Bruxelas. Quando comecei minha pesquisa, descobri que era numa cidade de 37 mil habitantes chamadas Lokeren e que sequer havia hotéis ou albergues na cidade, o que tornaria a experiência um pouco mais complexa. A Bélgica tem um sistema de trens fantástico e eu sabia que esse seria o meu meio de transporte padrão em toda a viagem, e foi exatamente o que eu usei para chegar no festival. O preço varia de acordo com qual zona da Bélgica você está, podendo ir de 5 a 14 euros cada passagem. O festival acontece em um campo a 750m da estação de trem da cidade, o que facilitava a chegada rápida.

Reservei um hostel na Antuérpia – cidade grande mais perto de Lokeren – que fosse próximo a alguma estação de trem e peguei o trem que passava para Lokeren a cada média de 20 minutos. O problema seria o retorno. O último trem pra Antuérpia seria às 23:50. Se eu quisesse ficar até o final do festival às 2h da manhã só havia uma forma de sair da cidade: usando as linhas de Night Bus que o festival – extremamente organizado – disponibilizava para vários lugares da Bélgica por 7 euros. Porém, como meu vôo no dia seguinte de volta ao Brasil era muito cedo, decidi ir embora logo após o show do Keane e pegar o último trem para a Antuérpia. E deu tudo certo!

O festival Lokerse Feesten

O festival rola num espaço meio campestre perto de condomínios de casas na cidade. A entrada pelo backstage que dava acesso ao palco e a sala de imprensa era por dentro dos condomínios, com todas as instalações vivendo harmoniosamente com os prédios residenciais do local. Não consegui descobrir onde ficava a área de camping do festival, já que é possível ficar acampado durante o evento, mas faz muito sentido que ela seja próxima aos prédios residenciais.

Fiquei bem surpresa com o público que encontrei. O Lokerse Feesten acontece por 10 dias e tem uma programação muito variada se dividindo no mainstage. Indo de Scorpions a Charlotte de Witte deixando os dias de festival bem temáticos, o dia que escolhi ir era dominado por famílias, casais, grupos de amigos bem tranquilos e um público bem mais velho que o habitual, dando ao festival aquele jeitinho de festa do interior. A programação do dia era composta de artistas belgas como a banda Novastar, que seguia a mesma linha do headliner Keane, porém na língua local. 

Bares e Praça de Alimentação Lokerse Feesten

O Lokerse Feesten não é um festival de gastronomia requintada, mas estavam disponíveis todos os tipos de lanches mais famosos na Bélgica, como batatas fritas, cachorro quente, hambúrguer e pizza, a preços bem justos se tratando de um festival. O sistema de compras tinha uma ficha própria. Cada ficha custava 3 euros e você comprava a quantidade de fichas que achava relevante pro seu consumo. 

Os lanches custavam entre 1 e 3 fichas, totalizando 3 a 9 euros. Os bares já eram um pouco mais sofisticados, vendendo cervejas, destilados, refrigerantes e com algumas áreas vips para quem pagava mais caro disponibilizando drinks e finger food. Para quem não quisesse consumir comida dentro do festival, em todo o caminho da estação de trem até a entrada do festival, havia inúmeros food trucks vendendo as mais variadas comidas, com muito mais opções que dentro do festival e com preços bem justos. 

Voltaria?

Voltaria sim. O Lokerse Feesten foi um dos festivais mais aconchegantes que tive o prazer de ir. Além de uma organização maravilhosa com um staff muito gentil e pronto a ajudar, quem fazia parte do time de imprensa ainda tinha um bar próprio para consumo liberado. Para quem era público, o tratamento não era diferente. Conversei com alguns funcionários e todos muito gentis e prontos a ajudar uma pessoa que não falava a língua deles. Além de pontualidade nas atrações e organização para entrada e saída. 

Notei que a maioria do público era local. Estamos acostumados a ir para festivais de transporte público e na saída sempre há uma quantidade gigante de pessoas saltando na mesma estação, o que não foi o caso aqui. Quando cheguei no festival, fui a única pessoa que saltou na estação de Lokeren, e na saída do festival apenas 2 pessoas estavam voltando no mesmo trem que eu. O Lokerse é um festival local, frequentado por pessoas da cidade que mantém esse evento acontecendo há 45 anos. 

Se estiver pela Bélgica no ano que vem, fique atento a mais esse festival de verão. Em 10 dias de festa, com certeza você pode achar alguma atração que seja do seu interesse: não importa se você gosta de música eletrônica, pop ou rock.

Texto por: Polly Assumpção

Leia Também: Melhores festivais do mundo, segundo a DJ Mag

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here