Davis abre tour do Dixon no Warung Beach Club e ODD + Caos em São Paulo

Davis

Depois de acompanhar o holandês Job Jobse e participar de sua turnê pelo Brasil, Davis fará parte da tour de outro astro internacional em solo brasileiro: Dixon, que tem duas datas confirmadas para os dias 18 e 19 de Fevereiro.

Mais do que conceituado no seu país, o artista paulistano tocará neste final de semana com o astro alemão em Santa Catarina e São Paulo: no Warung Beach Club, na sexta-feira, com o duo francês Birds Of Mind, Edu Schwartz e Hoo; e no sábado, na ODD + CAOS, que vai rolar no centro de São Paulo, com outros 10 DJs (Amanda Mussi, Eli Iwasa, Érica, Kenya20Hz, Lemarc, Malka, Martinelli, Nikkatze, Sphynx e Tjor).

kalla orbis

Esta não será a primeira vez que Davis acompanhará Dixon em suas andanças pelo Brasil — muito pelo contrário, a parceria já vem de longa data. No Carnaval de 2013, curtiram a primeira turnê juntos, que passou por Warung e Rio de Janeiro. 

Além de tocar, acabamos a noite na Sapucaí para assistir ao desfile de uma escola de samba do Grupo Especial — que, aliás, dias depois foi consagrada campeã. Essa turma é pé quente“, brincou o brasileiro.

No ano seguinte, através de uma ação com a Adidas, a crew do selo Innervisions (Dixon, Âme e Henrik Schwarz) passou pelo Brasil para fazer muita festa e curtir os jogos da Alemanha na Copa do Mundo. A tour passou por São Paulo, Santa Catarina e culminou no Rio, com a estreia da itinerante festa Lost In A Moment, assinada pela Innervisions, fora do continente europeu. 

Davis ajudou a realizar os rolês e ainda foi anfitrião dos gringos no Mineirão, onde a Seleção Brasileira tomou os inesquecíveis 7×1 da esquadra da Federação Alemã de Futebol, que também viria a se sagrar campeã naquela edição (bota pé quente nisso!).

A parceria ainda renderia outros frutos em 2016: um lançamento pela Innervisions – Davis lançou o single “Blind” feat. Cameo Culture na compilação “Secret Weapons” – e duas noites no clube Robert Johnson, em Frankfurt, revezando nos decks com Dixon e Kristian Beyer, do Âme. “Foi classe“, resumiu o DJ.

Davis também contou um pouco do que foram as gigs com Jobse, realizadas no final de janeiro, em edição da ODD no Rio, em conjunto com a festa KODE, e na pista do CAOS, em Campinas.

Na ODD, foi muito intenso — muito mesmo! A festa estava linda, 2.600 pessoas montadas, o maior fervo. O Job Jobse saiu encantado, feliz e muito grato. Ele arrasou no set, tocou trance, hard house, música animada e dançante. O meu set foi bem divertido também. Toquei house, EBM, acid e uns trances. Rolou um climão lindo no final; tem um vídeo do Job me abraçando na última faixa e eu estava chorandinho“, narrou.

No CAOS, eu comecei sozinho meu set, mas ele chegou mais cedo para me assistir e acabamos tocando B2B. A galera ficou em choque! Nosso set foi muito bom, alto astral. Todo mundo dançando e gritando. Em seguida ele assumiu o som e deixou o povo doido (Risos)”, complementou o paulista. 

A presença de Davis se faz numa cena tão dinâmica como a paulistana, no interior da qual ele põe em movimento não apenas quadris e pés, mas principalmente ideias. Seja à frente da ODD, uma empreitada artística que ajudou a transformar o cenário criativo de sua cidade natal, ou do In Their Feelings, um selo que a cada novo lançamento reitera seu compromisso com a inovação e ao frescor dos novos talentos, seus esforços se materializam em plataformas que se tornaram cruciais tanto para ele como para seus parceiros.

Leia também: 6 motivos para você não perder a ODD X CAOS que rola em São Paulo no sábado, 19 com Dixon

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome