DGTL São Paulo 2018 anuncia horário dos artistas

DGTL São Paulo horário

Com um line up diversificado, que transita pelas nuances dos sons baleáricos de Prins Thomas até o Techno industrial dos alemães Ben Klock e Len Faki, passando pelo House envolvente da americana de Chicago Honey Dijon e pelos sets sem definições específicas de Gerd Janson e Job Jobse, o DGTL São Paulo 2018 anuncia o horário dos artistas e se prepara para aterrissar mais uma vez na capital, desta vez na Fábrica 619 – uma antiga fábrica de livros localizada no Jaguaré.

O festival, conhecido por sua estética industrial, adotou o design de um sintetizador modular para nomear os palcos: Modular, Generator e Frequency. A refinada seleção de 22 atrações estará dividida entre os três palcos durante mais de 12 horas de programação.
DGTL São Paulo horário

mr ruiz

Confira a ordem dos artistas, defina seu calendário junto com seus amigos e se programe para chegar cedo e curtir até o último show.

AREA 1 – Modular
19:30-21:15 | Max Underson
21:15-23:00 | Carrot Green
23:00-00:00 | Red Axes feat. Abrão
00:00-01:30 | Vermelho
01:30-03:30  | Adriatique
03:30-04:30 | Henrik Schwarz [live]
04:30-06:30 | Rødhåd & Daniel Avery
06:30-08:30 | Dixon

AREA 2 – Generator
19:30-21:15 | RHR
1:15-23:00 | Cashu
23:00-00:30 | Zopelar
00:30-02:30 | Len Faki
02:30-04:30 | DVS1
04:30-06:30 | Dax J
06:30-08:30 | Ben Klock

AREA 3 – Frequency
19:30-21:00 | Linda Green
21:00-22:30 | Luiz Pareto
22:30-00:30 | Honey Dijon
00:30-02:30 | Prins Thomas
02:30-04:30 | Gerd Janson
04:30-06:30 | Davis
06:30-08:30 | Job Jobse

DGTL São Paulo horárioMais sobre o DGTL Festival 

Nascido em Amsterdam em 2013, com a intenção de idealizar um festival que se diferenciasse não só pelo cuidado na curadoria musical, ao unir os maiores nomes do cenário eletrônico mundial à talentos promissores nacionais e internacionais, o festival DGTL desde o começo buscou aliar o que a de mais moderno em tecnologia às artes visuais, com a preocupação de agredir o mínimo possível ao meio ambiente.

Foi assim que surgiram diferentes ideias e projetos, todos com o mesmo objetivo: tornar o festival 100% sustentável até o ano de 2020. Deste jeito nasceu o conceito do dia sem carne (meat free), que busca conscientizar as pessoas sobre a importância de evitar o consumo de carne animal para redução de danos ambientais.

Para mais informações e compra de ingressos, acesse o site do DGTL.

Leia também:
Guia DGTL São Paulo 2018

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Tem duas paixões na vida: viagem e música. Com mais de 30 países na bagagem e muitas histórias em festivais, escolheu os cinco dias acampada na lama do Glastonbury e a mágica de trabalhar no Tomorrowland Bélgica como as experiências mais incríveis que já teve.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome