Dicas para quem quer viajar para um festival fora do Brasil

dicas viajar festival

Já são mais de três meses em meio à pandemia do COVID-19 e, com tantas lives e saudades das festas, a primeira coisa que vem à cabeça de muitos amantes de música eletrônica que estão trancados em casa é: em 2021 eu quero realizar o sonho de viajar para um festival fora do Brasil! Por isso, resumimos aqui algumas dicas bem legais que gostaríamos de ter recebido antes de viajar para um festival no exterior. 

Sabemos que a situação ainda não está fácil e é praticamente impossível prever como estará a vida no ano que vem, mas já que existe esse tempo para refletirmos, por que não aproveitar para fazer um bom planejamento para a sua próxima viagem, né? Assim você pode acabar economizando e também se livrando de alguns perrengues desnecessários.

Planejamento Financeiro

Sem dinheiro ninguém sai do lugar, né? Mas será que é mesmo tão caro ir pra fora? Veja bem, tudo depende do festival que você escolheu, da moeda do país, se é um evento mais comercial ou mais underground, se sua estadia será em hotel/hostel ou se vai acampar, tudo deve ser colocado na balança de acordo com o que você quer e com o seu perfil também!

Por exemplo, eu adoro acampar em festivais, mas muitas pessoas preferem o conforto de um hotel. Então o primeiro a fazer é pesquisar:

  • Valor do ingresso, valor da estadia, média do preço da passagem de avião para aquele mês, valor para seu transporte + alimentação + bebidas (de acordo com o seu perfil) + passaporte/visto (se necessário) + dinheiro extra para acontecimentos inesperados/limite no cartão.

Inicialmente tudo será uma média, sempre chute para cima porque é melhor sobrar do que faltar na viagem! As formas de descobrir esses custos são: procurando aqui no We Go Out, conversando com amigos que já foram, na internet ou em grupos no facebook! Existem também empresas de viagem com pacotes fechados se preferir.

Faça uma planilha simples no Excel com essas previsões de gastos (de preferência por dia). Para ter uma ideia, um Menu do Big Mac no Mc Donalds na Europa custa em média 8 EUR e um prato simples em restaurante custa de 10-12 EUR, mas se você quer algo um pouco mais elaborado, pode gastar em torno de 20-30 EUR. Nós costumamos planejar 10 EUR por refeição, pois sabemos que podemos economizar em alguns casos e, uma vez ou outra, nos dar ao luxo de comer algo melhor.

Ingresso

Agora que você já tem um planejamento financeiro e sabe que vai conseguir arcar com tudo, é hora do primeiro passo de fato! Só de pensar em comprar o ingresso já dá aquela ansiedade, né? Você vai precisar de um cartão de crédito internacional. Na compra serão somados o valor do ingresso e as taxas do IOF do cartão de crédito, então fique de olho em tudo isso antes para não ter nenhuma surpresa na hora da compra.

É muito importante ficar de olho em quando as vendas começam, porque muitos festivais (por exemplo o Tomorrowland, Ultra ou Awakenings) tem os ingressos esgotados em poucas horas! Se caso você não conseguir comprar, não se desespere! Você pode tentar comprar por agência (se quiser indicações, pode mandar email para contato@wegoout.com.br) ou por sites confiáveis de revenda (Ticketswap, Viagogo, Stubhub).

Cuidado para comprar de terceiros, pois pode ser um golpe ou você pode ter dificuldades para trocar o nome no ingresso e em muitos festivais a entrada é nominal (ou às vezes pode ter uma taxa extra para fazer a troca do nome).

dicas viajar festival

Passaporte/Visto

Você já tem? Parabéns, ganhou uma estrelinha! Rs. Se não tem, deve estar se perguntando por que coloquei o ingresso primeiro ao invés do passaporte e do visto. Bem, o passaporte é bem tranquilo de tirar! No site da PF você faz a solicitação, preenche seus dados, paga o valor de R$257,00 e comparece lá no dia.

Mas se caso o país que você escolheu precisa de visto para entrar, como por exemplo os Estados Unidos, além do passaporte você vai precisar tirar o visto em seguida. Quando for aplicar para o visto, a categoria será Turismo. Cada país tem uma regra, então é só verificar como tirar o visto para o país escolhido. Mas com o ingresso do festival em mãos, você pode levar ele junto com os documentos no dia da entrevista (se houver) e isso te dá uma justificativa do porquê da viagem. Por isso, compre primeiro o ingresso, tire seu passaporte e no dia de tirar o visto leve seu ingresso! =) Vai dar tudo certo mas se caso não der, você pode pedir reembolso do ingresso/vendê-lo.

Fique atento também se é necessário atualizar a carteirinha de vacinas. Claro que com a situação do COVID-19 não sabemos muito sobre o futuro do turismo, mas recomendamos que tenham as vacinas em dia em todas as situações, né?

dicas viajar festival

Passagem de avião

Com tudo certinho até aqui, segura o frio na barriga que é hora de planejar como você vai chegar lá!

Dicas valiosas:

  • Procure pelas passagens de avião em aba anônima (para que o google não use seus dados de navegação a favor das companhias, te mostrando passagens mais caras do que deveria depois! Rs). Os valores variam muito, há quem diga que de madrugada às terças-feiras ou sábados aparecem mais promoções. A verdade é que até aqui, você vai estar tão ansioso que vai procurar por passagens o dia todo e vai acabar encontrando um valor bacana pra você!
  • O valor das passagens varia de acordo com a bagagem em alguns casos. Verifique se tem bagagem inclusa e também pense se você quer levar mais bagagem além da mala de 10kg permitida na maioria dos vôos. Se for o caso, é interessante ir com pouca coisa e garantir bagagem extra no vôo de volta, pois existe grandes chances de você querer trazer coisas a mais! Roupa, doces, merchandising do evento, cosméticos, aquela comprinha de eletrônicos (ainda mais se for pros EUA), etc! Sempre viaje com espaço sobrando na mala. Mas fica a dica pra você se controlar. Não é porque está indo pela primeira vez para fora, que será a última, então não precisa comprar o que não for necessário.
  • Também é importante ficar de olho nas escalas, pois às vezes o país no qual será feita a escala precisa de visto/carteirinha de vacina em dia.
  • O vôo é direto ou tem escala? Nas experiências que eu tive em alguns aeroportos como os da Europa, pude perceber que um tempo bom de escala é 3:00h a 3:30h. Por quê? Pois leva um tempo até o vôo pousar, você passar pela imigração/revista e ir até o embarque do próximo vôo. Alguns aeroportos são bizarramente gigantes, como o de Paris ou o de Londres (eu precisei pegar um trem dentro do aeroporto e andar um tempão pra ir para o outro embarque). Então garanta aqui que você não vai ter nenhuma surpresa e vai evitar estresse no dia da viagem. Melhor sobrar do que faltar, né? Também se estiver levando mala despachada, precisa garantir que a empresa terá tempo de levar sua mala de um avião para outro. Quando viajei com a escala apertada de 1:30h, ao chegar no outro país descobri que minha mala tinha sido extraviada, hehe! Evitem escalas muito grandes também. A diferença em dinheiro muitas vezes não justifica o perrengue que você vai passar aguardando 16h por exemplo em um aeroporto.
dicas viajar festival

Estadia

  • Vai sozinho, em casal ou com amigos? Se caso estiver sozinho, mas não se sentir confortável em ir só, procure conhecer pessoas que vão viajar para o mesmo destino e junte-se a elas logo nessa fase do planejamento, porque muitas vezes vocês podem dividir a estadia também. (Nós do We Go Out temos um grupo de pessoas que adoram festivais, lá você pode conhecer alguém que vai também! Para participar, é só mandar a mensagem “quero entrar no We Go Out Together” para este link).

Na estadia você precisa se avaliar um pouquinho, antes de pensar somente em valores. Vou contar um pouquinho da minha experiência 🙂

Eu gosto de viajar sozinha ou com poucos amigos, gosto de acampar, conhecer gente nova, etc. No ano passado ia dividir hostel com uns amigos mas acabei conhecendo um pessoal na viagem e decidi ir acampar com eles, ao invés de ir pro hostel e foi a melhor decisão! Conheci muita gente inclusive local, que me mostrou a cultura/culinária da região e lugares belíssimos que eu não teria conhecido se tivesse ido pro hotel.

Então vale a pena avaliar se aqui, você não prefere sair um pouquinho da zona de conforto e vivenciar mais de perto o festival! Eu defendo muito a experiência de acampar, mas entendo que muita gente se sente melhor ficando num hotel, até porque depois de muitos dias viajando e curtindo, uma cama confortável é muito algo necessário para repor as energias também.

Caso escolha por acampar, vale a pena programar para ir em uma loja de ítens de camping como a Decathlon um dia antes do festival. Tem como comprar tudo online antes e programar só para retirar no dia. Alguns festivais também oferecem lojas pra vender os ítens dentro do camping, mas como o preço pode variar bastante, compensa garantir o principal como barraca, colchão de ar e saco de dormir antes.

Então, pense nesses pontos antes de escolher a estadia. Em alguns casos o próprio festival recomenda hostels para dividir com a galera que também vai pro festival, com transporte oficial saindo desses pontos.

As opções de estadia geralmente são hotéis, hostels, Airbnb ou acampar. Verifique se é muito longe do centro, do aeroporto e se é tranquilo pra você voltar pra lá quando o festival acabar. Eu recomendo deixar um dia off pra você descansar depois do festival se possível.

Guias Completos

Aqui no We Go Out você pode encontrar guias completos de alguns festivais como Tomorrowland, Awakenings, Glastonbury e vários outros, com informações e valores também. Veja aqui nossos guias.

Qualquer dúvida que vocês tiverem é só falar com a gente ou podem me chamar no meu instagram. Bom planejamento a todos, acaba logo corona!

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

Estudante de psicologia, de São Paulo, adora conhecer outras culturas e viajar. Música é a sua maior paixão e está sempre sonhando em conhecer todos os festivais desse mundão. Já gravou música na fita cassete. Já riscou o vinil preferido. Já esperou passar o clipe preferido na Mtv para gravar no VHS. E hoje está sempre online em busca de novos sons, do rock alternativo ao techno, indie, 80s, trap e post punk.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here