Duo Royal Crescent lança filme documental sobre a música e suas conexões

Royal Crescent

Sabe aquela conexão que só a música cria entre as pessoas, como um instrumento de transformação social, emocional e também representa uma união de propósitos? Trazendo esse conceito, na última sexta feira, 23 de outubro, foi lançado no Youtube o documentário “A PORTRAIT OF ROYAL CRESCENT”.

Neste curta metragem original você viverá estas conexões e conhecerá histórias como as do duo de djs e produtores: Royal Crescent. Diante deste período difícil e de grandes transformações, os mineiros Yuri Lima e Gabriel Mouve veem no cinema, além das produções, uma maneira intimista de contar histórias e gerando conexões para quem assiste, tendo a música como fio condutor desta narrativa.

Como prova de transformação social, Gabriel menciona a importância que a música tem para si, “A música mudou a minha vida, me tornou quem eu sou hoje, onde havia vergonha, se tornou dupla honra, a música me libertou das drogas, me tonou uma pessoa feliz, posso ouvir uma música, sem a dependência de uma droga, posso tocar sem me drogar, e passar através da música essa alegria e amor” e usa sua história de superação e resiliência para motivar pessoas que viveram e vive na mesma situação de que, há esperança quando você encontra seu caminho.

Vindo de uma família onde a educação é muito levada a sério, Yuri Lima é exemplo de que quando há dedicação e persistência, os frutos são apenas consequência de uma busca, “Meu pai tocava violão e minha mãe piano, desde o ventre da minha mãe já ouvia música, e desde meus 10 anos já estava na frente do computador produzindo músicas”.

A PORTRAIT OF ROYAL CRESCENT é muito mais que um filme sobre música, mas fala do amor e a verdade pelo que se faz, “A mensagem foi entregue respeitando a história. A minha preocupação no DOC foi a cinematografia, a forma com que eu contaria essa história não a partir do roteiro, mas sim a partir da câmera extraindo toda verdade dos personagens reais” afirma Luiz Soufe, diretor do documentário.

Sobre a montagem, Luiz conta que mais uma vez a música foi importante no processo “Trabalhei muito com a música pra justamente passar essa ligação, momentos de silêncio, momentos de excitação, meditação, foram inseridos estrategicamente pra criar a sensação de que o filme é uma música, as pausas e as trilhas escolhidas ajudam a contar isso”, e complementa, “o grande desafio quando se fala de um documentário é respeitar, e foi isso que tentei fazer porque sabia que eles iriam me dizer como a música conecta. Procurei em não intervir muito nos depoimentos e também nas cenas deixei correr o máximo que pude”.

Tendo a música como personagem principal, o documentário explora outras vertentes como a união de propósitos, e o resultado de quando há amor e a paixão pelo que se faz. Esta é uma ótima opção de entretenimento e conteúdo de qualidade para você assistir
quando e onde quiser, e uma forma de prestigiar a produção nacional e original do nosso cinema independente e que aborda um tema universal: a música.

Você pode conferir gratuitamente e na integra o documentário no Canal do Royal Crescent no Youtube, basta clicar no link ou assistir abaixo:

Leia Também: Tomorrowland estreia documentário exclusivo: ‘Never stop the music – The Creation of Tomorrowland 2020″

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

Administradora paranaense, morou alguns anos em São Paulo e adora as várias opções de festas e eventos que a cidade oferece. É viciada em festivais, não tem medo de encarar um sozinha! Já passou por mais de 15 fora do Brasil, como Creamfields (UK), SXSW (Austin), Coachella (CA), Ultra (Miami e Croácia) e Mysteryland (NL). Divide suas paixões musicais entre techno e indie rock!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here