Entrevista: DJ Cady fala sobre carreira e o lançamento do remix “Heaven”

DJ Cady

Conhecida por agitar muito bem as pistas pelo brasil com um House Music de qualidade, a DJ Cady vem com uma sequência de ótimos lançamentos. No ano passado emplacou o hit “Nothing Wrong” e dessa vez preparou um remix do clássico “Heaven”, de nada mais nada menos que Bryan Adams.

Com mais de 15 anos de carreira, a Dj e produtora parece estar em sua melhor fase e nos deu uma entrevista para contar mais detalhes da sua vida profissional, inspirações e, é claro, do lançamento feito pela gravadora Universal Music. Confira abaixo:

Você está lançando um remix da música Heaven, um clássico do Bryan Adams. Pode nos contar um pouco do seu processo criativo para fazer esse novo remix e por que fez essa escolha dessa música?

Eu fiz a escolha dessa música porque tenho uma memória emocional com ela, me remete a momentos muito bons e me traz aquela sensação de amor puro, de realização, de amor possível, puro, lindo e forte. Ela me toca muito o coração e eu sentia uma vontade de poder proporcionar para as pessoas a mesma emoção que ela me proporciona.

Apesar de que é uma música reconhecida no mundo inteiro, mas muitas pessoas da nova geração não tem essa referência do Bryan Adams, então achei interessante de poder refazer com uma roupagem propícia para o momento que estamos vivendo na música eletrônica. Me inspirei bastante no Brazilian Bass, no que a galera está curtindo e dei uma roupagem mais atual para esse clássico gigantesco mundial.

Tocar em um camarote na Sapucaí em pleno Carnaval é uma conquista que muitos DJs sonham. O que você está preparando para essa apresentação no Camarote Club Arpoador by Universal Music?

Primeiro, eu estou me sentindo completamente lisonjeada de estar fazendo parte de um line up de peso, pois são artistas gigantescos. Os melhores artistas do Brasil estão na grade desse camarote, então eu já fiquei me achando na hora que fui convidada, me senti vitoriosa! Rs. Então podem esperar o melhor possível, eu estou preparando um show bem lindo para poder compartilhar o meu melhor com vocês e, é claro, com figurinos bem carnavalescos!

Quais as inspirações que mais contribuiram para seu desenvolvimento musical e o que costuma escutar no dia a dia?

Eu escuto muito hoje em dia um artista chamado Roosevelt, acho que o segmento dele é meio Indie, mas ele tem um Q de rock, meio vintage, que me agrada muito. Tenho escutado bastante e me inspira.

A minha inspiração para minhas criações é muito de acordo com o momento, pode vir de coisas que eu vivo ou que eu apenas percebo ao meu redor, até com relação ao que acontece com outras pessoas. Outro dia eu compus uma música para uma amiga minha, porque ela estava comentando coisas que estavam acontecendo na vida dela e eu fiquei tão tocada que na hora veio a melodia na minha cabeça, eu peguei o papel e a caneca e comecei a escrever uma canção. Também tem a possibilidade de eu sentar e criar algo programado, mas na minha vida é algo muito orgânico, do momento que estou vivendo.

Ser uma DJ mulher é um grande desafio, pois é um espaço dominado por homens. Qual a dica que você daria para uma DJ mulher que está começando a carreira?

Eu acho que agora está na hora certa! Há 15 anos, quando comecei, era mais difícil! Agora acho que a gente conseguiu ter reconhecimento nesse mercado, ter respeito dos contratantes, do público e das pessoas. Acho que se você sente no seu coração que é isso que você quer fazer, tem que seguir. Lá no começo, quando eu falei que queria fazer isso, muita gente disse que eu era louca. E agora eu estou aí, sendo louca e feliz! Rs. O importante é seguir o nosso coração nessa vida e focar nas coisas positivas e na diferença do que a gente pode criar dentro do nosso ambiente. O nosso propósito de estarmos aqui é esse, fazer a diferença e proporcionar só o que a gente pode fazer sendo a gente!

DJ Cady

O que podemos esperar da DJ Cady em 2019 quanto às novas tracks e turnês?

Esse ano é um ano que eu escolho lançar o máximo de músicas possíveis, para poder criar a trilha sonora da vida de muita gente, poder inspirar as pessoas a amar mais, a se divertir mais, a dançar mais, a viver e a se entregar para a música e para o momento! A minha intenção, não só nesse ano e sim para a vida, é esse!

E de turnês, eu quero muito poder trabalhar bastante aqui no Brasil, vou lançar bastante música em português para poder dar continuidade nesse trabalho que estou fazendo por aqui, mas sem deixar de fazer os meus shows que já faço lá fora. Para mim é importante, porque eu me identifico muito com a língua estrangeira e eu acho legal continuar fazendo as coisas que me dão prazer, então eu vou fazer ainda mais shows aqui e continuar fazendo lá fora também.

Essa matéria faz parte da coluna do MyConcerTv, uma plataforma que auxilia artistas a profissionalizarem seu trabalho, com consultoria de imagem e carreira.

Leia Também: Mary Mesk lança “Like You Do” e “Steps In The Sun”, e explica processo criativo.

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Administradora paranaense, morou alguns anos em São Paulo e adora as várias opções de festas e eventos que a cidade oferece. É viciada em festivais, não tem medo de encarar um sozinha! Já passou por mais de 15 fora do Brasil, como Creamfields (UK), SXSW (Austin), Coachella (CA), Ultra (Miami e Croácia) e Mysteryland (NL). Divide suas paixões musicais entre techno e indie rock!

Comente aqui:

Please enter your comment!
Please enter your name here