Entrevista: MOGUAI e Ida Corr comentam sobre sua collab “Let’s Go” e importância da música

Ida Corr

Lançada no dia 25 de Fevereiro, a primeira collab entre o astro alemão MOGUAI e a cantora e compositora dinamarquesa Ida Corr, “Let’s Go” foi lançada pela OH2 Records, sub-label da Heldeep, gravadora de Oliver Heldens. A faixa tem um mix agradável e transparente que leva o ouvinte para uma viagem, e como o próprio DJ e produtor define, a música parece um set comprimido em quatro minutos, exibindo uma bela história musical. Batemos um papo muito especial com os artistas, que comentaram sobre a produção e sobre a importância da música, já que atinge as pessoas de maneira tão positiva, criando esperança em tempos estranhos como vivemos atualmente.

Vamos começar falando da sua mais nova track, e primeira colaboração “Let’s Go”, como vocês chegaram na ideia por trás dessa faixa, como ela começou?

kalla orbis

Moguai:
Nós dois somos próximos da Heldeep, label do Oliver Heldens, e o Rick, label manager da gravadora me perguntou se queria fazer uma collab, se poderia fazer uma com a Ida, e eu disse que adoraria fazer essa parceria. Ele então me mandou os vocais da Ida e logo eu tive uma ideia de como a track poderia soar.”

Já que os vocais da Ida chegaram por meio da Heldeep, vocês trabalharam nessa track juntos no estúdio em algum momento? Vocês estão em lugares diferentes, não?

Ida Corr:
“Não pessoalmente, foi uma collab internacional! Eu sou da Dinamarca.”

Moguai
“E eu estou na Alemanha!”

Ida, como você escreve suas letras? Tão profundas e tocantes, com certeza toca as emoções de muita gente, e queríamos saber se tem algum método específico, ou se suas letras vem naturalmente?

Ida Corr:
“Para mim é tudo sobre o sentimento. Quando eu tenho algum tipo de sentimento específico eu tento escrever sobre isso, mas sem ser muito difícil, sabe? Mesmo se estivéssemos conversando, se eu tivesse do seu lado agora, gostaria que você entendesse meus sentimentos rapidamente, explicá-los de forma clara, e acho que com minhas letras é a mesma coisa. São poéticas, mas não tão difíceis de entender, são bem honestas, acho que é por isso que elas se conectam tanto com o público, por que vem de forma muito sincera e honesta.”

Moguai, como você começa suas produções? Existe algum caminho ou método que sempre segue para criar seus sons? 

Moguai:
“Já ouvi muito ao longo de minha carreira que eu deveria focar em apenas uma sonoridade, mas nunca consegui fazer isso, por que eu sempre gostei muito de várias sonoridades diferentes e quando eu realmente gosto de algo, eu quero por meu nome nisso. Quando vou ao estúdio eu sempre tento fazer algo que as outras pessoas não fazem; não de maneira forçada, mas porque eu gosto de muitas coisas diferentes, então só sigo meu gosto pessoal e minha intuição. Na música as possibilidades são infinitas, então eu sigo o que realmente gosto, e quando eu gosto de algo, sempre penso que podem haver centenas de milhares de outras pessoas que gostam daquilo também.”

Qual foi a ideia dessa track? Havia alguma mensagem específica que vocês queriam transmitir para o público, ou foi algo mais interno de vocês?

Ida Corr:
No meu ponto de vista, foi mais uma música sobre amor. Eu tive esse sentimento e acabei escrevendo a letra, e por sorte acabou chegando nas mãos do Andre (Moguai) e se tornou essa track que estou apaixonada no momento.”

Moguai
Ida escreveu uma faixa incrível, que combina com a voz dela, e quando você tem uma faixa tão boa assim, interpretada tão bem, a minha parte foi criar uma roupagem para essa letra tão especial. A ideia que tive logo que escutei o vocal foi um groove mais transparente, não tão carregado, para que houvesse espaço para soar bem junto da letra da Ida.

Vocês ainda não tiveram a oportunidade de apresentar essa track ao vivo, ou já tiveram?

Moguai:

“Infelizmente ainda não… mas já temos planos!”

Vocês pretendem fazer mais alguma collab no futuro?

Ida Corr:
“Com certeza podemos fazer!”

Moguai:
“Esse é o momento onde tudo começa!”

Como vocês lidaram com a pandemia e com esses tempos malucos que estamos vivendo? O mundo não parece bem, mas com a música que vocês apresentam, as coisas ficam melhores e mais leves, como um escape, e queríamos saber como vocês estão lidando com esse período tão estranho e incomum.

Ida Corr:
Eu concordo completamente, acho que a música tem o poder de te levar de um sentimento a outro em questão de segundos. Acho que é por esse motivo que a música é tão importante. Ouvir playlists e Spotify trazem uma sensação, mas ir a shows, apresentações, ver a música acontecendo ao vivo, é outra experiência, e pra mim, que tem centenas de shows todos os anos, ficar longe desse contato é um pouco chocante. Me congelei no momento, minha vida era isso. Escrever música, cantar, tocar, me apresentar, ir curtir clubs sozinha, me inspirando, e aproveitando o melhor que o mundo da música pode oferecer era meu cotidiano e isso desapareceu num estalo. Acho que tem sido um choque para muita gente, e eu e meus colegas de profissão tivemos que lidar com muitas questões, desde financeiras por que não podíamos mais trabalhar, não sabendo o que fazer depois. Eu por muita sorte não passei por dificuldades desse tipo, mas me senti um pouco dormente, e senti que precisava acordar novamente, sentir essa troca de energia.

O que mais podemos esperar de vocês? Tem alguma novidade especial que possam compartilhar conosco?

Moguai:
“Você mesmo disse! Nós faremos mais uma collab, cedo ou tarde ela vai aparecer! Seguimos trabalhando por aqui, tenho certeza que a Ida também está escrevendo músicas, trabalhando em sua carreira assim como eu. Gostei muito do que você disse, que podemos transformar a mente das pessoas com a música. Minha esposa disse isso há alguns anos, que eu era sortudo por que faço o que amo e ainda posso fazer as pessoas felizes com isso, e foi algo marcante para mim por que sempre fiz  música por que amo, então nunca tinha pensado por esse lado, todas as pessoas tem sentimentos, e podemos melhorar a vida delas com a música!”

Qual é a próxima gig de vocês?

Ida Corr:
“Aqui mesmo na Dinamarca em Odense!

Moguai:
“Daqui algumas semanas vou até Miami para o Miami Music Week, e depois volto para Alemanha, para tocar num club na minha cidade natal.”

Leia também: Entrevista: Rooftime conta detalhes dos bastidores e mais sobre sua nova collab com Alok, “Keep Walking”

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome