Entrevista: Rooftime conta detalhes dos bastidores e mais sobre sua nova collab com Alok, “Keep Walking”

Rooftime

O trio Rooftime se destaca no cenário como um dos poucos grupos de música eletrônica no Brasil, além de inovar com instrumentos e vocais ao vivo nas apresentações, o trio já lançou tracks por labels como Spinnin’ Records e CONTROVERSIA, além de collabs com Vintage Culture, Dubdogz e Alok. O trio fez seu mais novo lançamento em parceria com Alok, “Keep Walking” pela CONTROVERSIA na última sexta-feira, 11.

Batemos um papo muito legal com o trio, que contou detalhes dos bastidores e mais sobre a nova faixa, confira:

kalla orbis
Rooftime

Contem pra gente, como começou a relação de vocês com a música, e como vocês se conheceram e decidiram trabalhar juntos?

“Nós, Rodrigo e Gabriel, somos irmãos e desde pequenos somos apaixonados por música. nascemos em família de artista, em que a música sempre foi um alimento e uma ferramenta de inspiração. Logo aprendemos a tocar instrumentos e a cantar. Já eu, Lisandro, aos 10 anos aprendi a tocar e já era aficionado por música eletrônica. Não demorou para que eu desenvolvesse meu próprio projeto musical e me joguei na estrada, comecei a lançar próprias músicas em diversas gravadoras.

Rodrigo e Lisandro acabaram se encontrando só na van da faculdade. Eles logo conversaram e foram produzir juntos, incluindo o Gabriel na produção. Dali em diante, começava um sonho chamado ROOFTIME.”

Como vocês encontraram uma sonoridade que mesclasse as estéticas próprias de cada um? Como funciona o workflow de vocês no estúdio? Trabalham sempre juntos?

“Foi um processo de evolução e conhecimento permissivo, trocamos muitas músicas e discutimos muito sobre cada uma delas. A grande fragilidade desse processo, é criar uma ideia em comum entre os três sem que nenhum abra mão da sua identidade musical ou suas referências. A ideia do Rooftime sempre foi criar algo pessoal mas que soasse familiar a todos, e não poderíamos fazer isso sem a verdadeira essência de cada um de nós.

Desde o nosso primeiro encontro, até hoje, persistimos em aprimorar essa evolução pra que cada vez mais nosso trabalho traduza o que verdadeiramente sentimos. Às vezes até produzimos separados, mas uma das coisas que aprendemos durante esses processos foi que nada se compara quando estamos juntos e conectados pelo mesmo propósito: a música.”

De quais outros artistas vocês tiram inspiração para seu som? Falando tanto em música, cinema, artes plásticas, teatro, moda…

Gostamos muito de se inspirar em várias frentes artísticas, como por exemplo: Coldplay, Milky Chance, filmes do Tarantino, Salvador Dali, Solomun, Rufus Du Sol, Vladmir Kush, Foster the People, Wilk and Mhisky, um bom suspense e mais algumas taças de vinho tinto.”

Que vocês são uma das principais bandas eletrônicas do Brasil não é mais segredo para ninguém. Como vocês veem o impacto desse projeto na cena nacional?

“Um dos nossos objetivos é trazer essa proposta para que mais pessoas se enxerguem e se inspirem nela, criando uma sinergia com novas possibilidades dentro do mundo da música. Temos um universo gigante a nossa espera, e ele é democrático o suficiente pra permitir todo tipo de expressão, então por que não se permitir a isso? 

Queremos que surjam cada vez mais bandas e projetos novos com propostas únicas. Se pudermos servir de inspiração ou motivação para que isso aconteça, já daremos a missão como cumprida!”

– Falando um pouco da sua collab com Alok “Keep Walking” que saiu pela CONTROVERSIA, como foi o processo criativo para essa track? 

“A ideia era fazer um som com uma intenção sedutora, que pudesse demonstrar movimentos de uma dança, tanto que é uma das únicas músicas que usamos guitarra nas gravações, por que sentimos que ela traria essa conexão.

Desenvolvemos a música em cima dessa ideia e completamos sua versão instrumental. Após um tempo, surgiu um convite para trabalharmos em conjunto com o Alok em uma campanha para a Johnnie Walker e logo pensamos nesse som! Mostramos para o Alok e ele adorou a ideia, começamos a mexer e compor os vocais. E o resultado foi a “Keep Walking””

De onde surgiu a inspiração para a “Keep Walking”? Qual é a mensagem por trás dessa track?

No dia, estávamos explorando novos lugares para produzirmos, então nos juntamos em um quarto velho da casa embaixo de uma escada e começamos a criar.Gostamos de provocar essas novas sensações e fagulhas nos estimulando com novos ambientes! Tanto que a guitarra também fez parte dessa “provocação”. Somos diretamente ligados a história das músicas que criamos e nesse som, não foi diferente: a ideia era criar uma cena em que duas pessoas se envolviam em um jogo de sensações e sentimentos e que a única maneira para que se entendessem era através de uma dança. Então, nos inspiramos em coreografias e ritmos que nos trouxessem essa sensação.

Rooftime
Crédito: Lucas Marston

Se cada um de vocês tivessem que escolher um momento do projeto até hoje, quais seriam eles?

É difícil escolher um só, são muitos! Mas um que consideramos muito especial foi lá em 2019, quando o Alok havia nos chamado para o estúdio dele e naquele mesmo dia fez a seguinte pergunta: ‘O Rooftime é o sonho de vocês? Vocês querem escrever essa história?’ Nós respondemos que sim, sem dúvidas. Então em seguida falou: ‘Então amanhã vocês vão trancar a faculdade e assinar o contrato comigo, porque a partir de agora vocês estão na minha agência e vamos gerenciar a carreira de vocês‘ “

O que podemos esperar de Rooftime para 2022? Tem alguma novidade especial que possam contar pra gente?

“Temos muitas coisas guardadas para esse ano! Logo nesse começo de semestre, vamos disponibilizar um conteúdo que gravamos ao longo de um mês no ano passado, que vai contar muitas histórias para a galera. Além da pretensão de um álbum novo com uma série de músicas autorais em que exploramos ainda mais nossas vertentes musicais. Esse ano promete muita coisa boa!”

Leia também: GO GIRL #32: Wavve Musik celebra a energia, a emoção e a positividade

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome