Awakenings 2019 surpreendeu! Saiba como funciona o evento

Com um céu aberto e muito sol, pessoas do mundo todo em um público de mais de 80 mil pessoas, explosões de fogos com audiovisuais incríveis e palcos gigantescos, reunindo alguns dos maiores Djs do mundo. Foi assim que um dos maiores festivais da atualidade e considerado por muitos, o maior evento de techno, o festival Awakenings 2019 aconteceu nos dias 28 e 29 de junho na cidade de Halfweg, na Holanda (a 30 minutos de Amsterdam).

O Awakenings é um festival diferenciado, não só porque funciona e traz um line dos sonhos para qualquer amante de música eletrônica, mas porque ele tem uma energia que muitos festivais não tem: o poder de reunir pessoas do mundo todo, em um final de semana e que contagia desde a chegada ao aeroporto, às filas de mercado, hotéis e em toda a Amsterdam e cidades próximas do festival.

Fomos mais uma vez conferir o que rolou e trouxemos tudo pra vocês em detalhes todas as dicas e destaques desse ano!

Ingressos

A abertura das venda é por volta de fevereiro e março e esse ano, como em todos, deu sold out muito rápido. O sábado acabou em questão de horas.

O valor com as taxas ficou em torno de €110 e a compra deve sempre ser feita com cartão internacional. Junto com o seu ingresso você pode aproveitar para adquirir o shuttle (ônibus que leva até o festival), os lockers (armários), estacionamento e tokens para usar na festa e comprar comida e bebida.

Hospedagem

Amantes da música tomam a cidade de Amsterdam e toda a Holanda todos os anos nessa época do ano, transformando a cidade com uma vibe incrível: pessoas de todas as idades se encontrando ou se conhecendo e se conectando através da música.

Esse ano mais uma vez optei em ficar hospedada em Amsterdam. Dessa vez no hostel Bulldog, próximo a estação central e também tive uma experiência muito positiva no Stayokay, próximo a região Museumplein, onde ficam os museus, incluindo o Van Gogh.

A diária em ambos os hostels foi algo entre 50 a 60 euros. Um valor bem salgado por conta da época, afinal além de ter Awakenings também é verão na Europa.

Dado os dois anos que fiquei hospedada em Amsterdam, deixo aqui a dica: você pode ficar hospedado em Sloterdjik, uma cidade com uma estação de trem e também com shuttles do Awakenings saindo de lá. Como é menos turístico, tem uma estadia mais em conta. Claro que é muito legal ficar hospedada em Amsterdam mas se você só quer ir pro festival, não precisa encarar os valores mais altos da hospedagem. No site do Awakenings você também pode encontrar alguns pacotes com ingresso e hospedagem em hotel.

Line Up e Palcos

O line up desse festival é perfeito para os amantes de Techno, House e Tech House. É literalmente um line up que vai te deixar boquiaberto, com tantas opções, somente DJs incríveis tocando todos na mesma hora.

Em certo momento me deparei com uma difícil decisão: tive que escolher entre Maceo Plex, Oscar Mulero, Charlotte de Witte, Joris Voorn e Kink. Do primeiro DJ ao meio dia até o último finalizando às onze da noite todas as apresentações são imperdíveis. Quando sai o line up você escolhe com paciência mas ao chegar no festival, literalmente todos os palcos são excelentes e você só quer estar em todos ao mesmo tempo.

Essa é uma parte engraçada e todos meus amigos que vieram pela primeira vez ao festival passaram por isso. Eu sinceramente nem montei um line up e fui seguindo conforme a festa, a delícia do Awakenings é se deixar levar pelo festival, ir conhecendo música e DJs que você não achou que fosse parar pra ver ao vivo e se impressionar.

Destaque esse ano pros nossos queridos brasileiros Victor Ruiz e Anna, que fizeram apresentações maravilhosas, lotando os palcos e mostrando que estão abraçando o mundo. Parabéns!

Como de costume os palcos tinham uma estrutura impecável, esse ano foi até adicionado um pequeno palco numa localização meio escondida, com DJs de House locais (palco S). No palco V, aconteceram principalmente  as apresentações de artistas da Drumcode, no segundo dia: incluindo Ida Engberg e Adam Bayer fechando o palco. Nas tendas Z, Y e A foi onde os BPMS aumentaram: pude acompanhar apresentações épicas de artistas como Jeff Mills fechando no segundo dia, Charlotte de Witte, Phase x Matrixxmann, o projeto Selección Natural de Oscar Mulero e minha apresentação preferida do festival: Dave Clarke.

O palco C na minha opinião é o palco com maior identidade do festival: com apresentações de Maceo Plex (responsável pela curadoria do mesmo, criando o Mosaic by Maceo Plex), Helena Hauff, Ricardo Villalobos entre outros artistas ótimos, se encontra em frente a um riozinho, é aberto e tem chão de madeira, é um palco onde sempre acontecem uma surpresas: de bóias gigantes voando e champagne pra galera.

Em suma, todos os palcos do festival Awakenings 2019 estavam excelentes e quando anoiteceu (apenas na última hora do festival, 22h as 23h) todos tinham um jogo de luzes de impressionar!

Transporte até o festival Awakenings 2019

Os meios de transporte, como nos outros anos, são o shuttle, Uber e Táxi ou trem até a estação mais próxima e andar. Há quem vá de bike pro festival (ah, os Europeus! <3). Eu optei por conhecer o sistema de shuttle (custo de £27 aproximadamente, para os dois dias, levando e buscando do festival) dado que no ano anterior usei o Uber (£30 ida + £20 volta).

Infelizmente encontrei alguns problemas e meu shuttle atrasou quase 3 horas nos dois dias… Já meus amigos que usaram o shuttle saindo de outras estações chegaram em tempo, como previsto. Será que dei azar? Rs.

De qualquer forma, recomendamos juntar seus amigos e pedir um Uber ou tentar o shuttle saindo da Central Station, que parece ter menos problemas do que os mais afastados. Quando o usei o mesmo transporte indo para o after, não tive nenhum problema e me custou apenas £4,20 (apenas a ida) e £20 euros num táxi para a volta até o centro.

Alimentação

Estando na Holanda, não tem como não se jogar nas melhores batatas fritas que você vai comer na vida: as fryes clássicas que são servidas em embalagem de cone são originárias da região da Holanda/Bélgica e são um must (cerca de 1,5 token, EUR 3). Dentro do festival você encontra pizza (6 tokens, a pizza inteira), hambúrgueres, opções vegetarianas diversas e na praça de alimentação opções como macarrão e frango com arroz, etc.

O valor das comidinhas no festival Awakenings 2019 não é caro, cerca de 1,5 token (EUR 3) a 4,5 (EUR1 2,50 – para dividir com os amigos) para se alimentar bem e ter e bastante energia pra curtir o festival. Entram aqui o sorvetinho Space Rocket, queridinho da galera, que por 1 token refrescavam e era uma delícia. Eu tomei varios! Rs.

Bar + Sustentabilidade 😉

Com o mesmíssimo valor dos outros anos, o bar trouxe nessa edição uma proposta de sustentabilidade que ajudou o festival a ficar limpo e a facilitou a coleta para a reciclagem. Lembro-me bem quando acabou a edição passada: as luzes se acenderam na pista e tinha um mar de garrafas de plástico no chão.

festival Awakenings 2019

Esse ano, o contrário: pouquíssimas embalagens estavam no chão. Isso porque o Awakenings inovou: se você levasse sua embalagem plástica anterior você comprava suas bebidas com desconto. Por exemplo, a cerveja: 1 token com embalagem ou 2 tokens sem. Isso incentivou a galera a se movimentar, porque mexeu no bolso.

Dessa forma acredito que se cria conscientização, numa próxima festa mesmo que não haja esse sistema o público já vai se acostumando a não jogar o lixo no chão. Cabe destacar que não havia muito lixo na festa também.

Seguem os valores dessa edição do festival Awakenings 2019:

Merchandising

Espalhadas pelo festival, as lojinhas da Merch deixam qualquer fã do festival maluco! Tem de tudo: moletom, jaquetas corta-vento, camisetas, leques, isqueiros, bonés e outros mimos com a marca Awakenings. Os valores variam muito: leque EUR 6, moletom EUR 60, camiseta EUR 25, isqueiro EUR 2, boné EUR 20. Aceitam euro e cartão internacional.

festival Awakenings 2019

Estrutura na Festa

Tem bastante banheiro espalhado por todos os palcos, pontos de água grátis, bares e pontos de alimentação. O crew Awakenings, responsável por organizar festas desde 1997 sabe como produzir um festival, não deixando faltar nada. Além de toda a estrutura básica, tem sempre bastante sinalização, não só dos palcos mas também com instruções sobre saúde (dicas de como a galera deve se hidratar durante o festival) e sobre alguns assuntos que seriam polêmica em outros países: a questão das drogas.

Sabemos que como todo festival, existe o consumo. Ao invés de fechar os olhos para essa temática o Awakenings traz sim dicas e até pontos de ajuda, o Unity Drugs Info, que orienta a galera com conversa e com cartilhas trazendo os efeitos e o que fazer para se ajudar ou auxiliar um amigo que estiver passando por uma bad trip… Muito bacana, parabéns Awakenings por apoiar essa iniciativa.

O Awakenings é um festival tradicional e recomendamos muito que você vá e tenha essa experiência. Se organize com antecedência, fique de olho nas passagens e hotéis, transportes pro festival e partiu Holanda! No próximo ano, o festival Awakenings comemora seu aniversário de 20 anos em 2020, na data de 27 e 28 de junho. Você pode se registrar pra receber as vendas de ingresso aqui.

Leia Também: Awakenings no ADE 2019: 10 shows imperdíveis

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

Estudante de psicologia, de São Paulo, adora conhecer outras culturas e viajar. Música é a sua maior paixão e está sempre sonhando em conhecer todos os festivais desse mundão. Já gravou música na fita cassete. Já riscou o vinil preferido. Já esperou passar o clipe preferido na Mtv para gravar no VHS. E hoje está sempre online em busca de novos sons, do rock alternativo ao techno, indie, 80s, trap e post punk.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here