Festival TribalTech divulga detalhes de algumas das pistas

O festival TribalTech divulgou imagens de alguns dos espaços que vão receber pistas do evento. Este ano, ele acontece numa fábrica desativada no bairro Prado Velho, região próxima ao centro de Curitiba, no dia 7 de outubro (sábado). Os palcos vão ocupar algumas das construções espalhadas pelos 49 mil metros quadrados, entre tendas e áreas cobertas. Três deles foram revelados nas redes sociais e chamaram a atenção: TribalTech Stage, Supercool Stage e Burn Energy Stage.
 
O Tribaltech Stage ocupa o maior galpão do festival. São 120 metros de comprimento, 40 metros de largura e um pé direito de 12 metros. Neste espaço, estão programados os sets de Stephan Bodzin, Octave One, Kolombo, Victor Ruiz e Renato Ratier, entre outros. Tribaltech
 
Já o Supercool Stage tem capacidade para 500 pessoas e tem toda uma atmosfera cinematográfica, com decoração e intervenções inusitadas, além de ambientes secretos que podem ser descobertos explorando as redondezas da construção. Estão confirmados para este palco nomes como Selvagem, Ney Faustini, Joutro Mundo e Anhanguera. 

Tribaltech

O Burn Energy Stage conta com 600 metros quadrados, decorado como um “oásis tropical” para o cenário do evento. Importantes nomes locais e nacionais tocam ali, entre eles Fabo, HNQO, Gabe e Blancah.
Quer se programar para ir ao festival? Então confira todas as informações:
 
DATA: 
7 de outubro (sábado), a partir do meio-dia.
*
INGRESSOS:
Os ingressos estão à venda no site Alô Ingressos e nos pontos e venda no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro.
 
LOCAL:
Rua Aluízio Finzetto, 3511 – Prado Velho, Curitiba – PR
O evento será na fábrica desativada do Açúcar Diana, no Prado Velho, numa região de fácil acesso. O espaço abrigava a sede Emílio Romani S/A, empresa que detinha a marca Açúcar Diana e que entrou em processo de falência em 1997, encerrando suas atividades em seguida. São 49 mil metros quadrados de área total, com mais de 20 mil de área coberta.
Tribaltech
O FESTIVAL:
Esta edição, Escape, marca o fim de uma trilogia iniciada em 2014 com a Reborn, seguida em 2015 por Evolution. Os três eventos foram uma resposta ao público que, com o anúncio do fim da Tribaltech em 2012, pediu pelo retorno.
A história do festival, entretanto, é bem mais longa. Foram 22 edições desde 2004, contando com grandes nomes da música eletrônica mundial. Nesta versão Escape, a expectativa é manter a média de público das duas edições passadas: cerca de dez mil pessoas.
Tribaltech
Leia também: DGTL em São Paulo

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Co-fundadora do We Go Out, Bruna se divide entre Curitiba, São Paulo e viagens pelo mundo em busca dos melhores festivais de música eletrônica. Já passou por mais de 20 fora do Brasil, como Tomorrowland, Creamfields, Ultra, Coachella, Sónar e DGTL. Apaixonada por Techno e House Progressivo, não consegue ficar muitos dias sem uma boa festa!

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome