Go Girl #10: Conheça Lowez, a dj e produtora que chamou a atenção da Spinnin’ Records

Lowez

Com apenas 19 anos a dj e produtora Louise, mais conhecida como Lowez, vem ganhando cada vez mais espaço na cena da música eletrônica nacional. Após ganhar um dj contest no festival Equilibrium no Espírito Santo, a capixaba começou a dedicar seu tempo em produção musical e já conquistou grandes resultados.

Recentemente Lowez assinou um contrato com a gravadora holandesa Spinnin’ Records, e junto com Low Disco lançará a track “Make U” no dia 12/04. Conversamos com ela sobre carreira e planos futuros, confira:

mister ruiz

lowez

Oi Louise! Conta para a gente: como começou a sua paixão pela música e quando você decidiu que seria DJ / produtora?
Ei! Então, minha paixão mesmo começou quando eu tinha uns 13 anos de idade e estava em um evento escolar, quando começou a tocar “Don’t Worry Child” eu fiquei literalmente encantada com a música. Parece bem clichê, mas foi esse o meu primeiro contato com a música eletrônica. Porém só com 16/17 anos, após tocar em um festival chamado Equilibrium aqui no meu estado, eu decidi que era isso que eu queria para a minha vida, pois não me via fazendo nada diferente disso.

Para quem ainda não te conhece, como você define seu som?
Meu som eu diria que é uma mistura de tudo o que eu consumo, porém acredito que o que mais marca minhas tracks são as linhas de bass e a melodia, geralmente eu procuro fazer melodias divertidas como a da “Push” para que grude na cabeça das pessoas. Algo que eu tenho trabalhado cada vez mais na minha sonoridade é conseguir transmitir o que estou sentido no momento nas minhas músicas.

Hoje em dia vemos a cena de DJs e produtoras brasileiras se fortalecendo. Quem são as artistas do país que mais te inspiram?
As 3 artistas que mais me inspiram na cena brasileira são Barja, Carola e Carol Fávero. A que eu acompanho há mais tempo é a Barja, mas a Carola e a Carol vêm se desatacando muito ultimamente e isso é muito legal de ver porque nos mostra que as mulheres estão ganhando cada vez mais palco dentro na cena e isso acaba incentivando várias outras a seguirem seus sonhos também.

Você lançou “Reason” ano passado pela Alphabeat Records, com os meninos do Double Foxes e recebeu vários suportes. Logo depois sua track “Push”, que foi lançada nesse ano, atingiu a posição 23 no top 100 releases de bass house no Beatport. Qual fator você acha que foi mais importante para as duas tracks terem tido tanto sucesso?
Acredito que um bom planejamento de lançamento faz toda a diferença, muitas pessoas acham que o pré-lançamento é a parte mais importante e acabam esquecendo que depois que a música foi lançada ela precisa continuar circulando e chegando nos ouvintes. É claro que entrar em contato com veículos de comunicação ajuda muito também, mas o que pra mim realmente funciona é, estudar determinado publico alvo pra saber como atingir eles da maneira certa e isso varia de lançamento para lançamento.

Você assinou recentemente com a holandesa Spinnin’ Records. Conta para gente como foi essa conquista e quais seus próximos passos com a gravadora?
Eu e o Bruno (Low Disco) decidimos fazer duas collabs, tudo fluiu muito tranquilo e como estávamos acreditando muito na track ele enviou para a Spinnin’ e felizmente deu tudo certo. Pra falar a verdade eu ainda não estou acreditando, eu só produzo há pouco mais de 1 ano e conseguir lançar por lá superar todas as minhas expectativas, definitivamente vai ser um dos maiores passos na minha carreira.

Quais são as outras novidades que você já pode adiantar para 2021?
Posso garantir que vem muita música ainda, estou testando também algumas tracks menos pista. E 12/04 vai sair pela Spinnin’ Records junto com o Low Disco a tão aguardada “Make U”

E para terminar, qual é seu grande sonho como DJ e produtora?
Acho que todo dj e produtor(a) procura reconhecimento pelo trabalho duro, mas além disso eu acredito que ser a referência de alguém futuramente seja uma das coisas que mais me deixaria realizada. É muito importante ter alguma referência pra continuar fazendo o que você faz e não querer desistir, então eu acreditarei que estou fazendo a coisa certa no momento em que eu me tornar a referência de alguém.

Ficha Go Girl #10 – Lowez

Nome: Louise Fábia Braga Junger
Nasceu em: Vitória – Espírito Santo
Música favorita da sua vida: ODESZA – Line Of Sight (feat. WYNNE & Mansionair)
B2B dos sonhos: Victor Lou
Acompanhe mais no Instagram!

O quadro Go Girl, em parceria com a SOMUS, tem como objetivo dar destaque as DJs e/ou produtoras brasileiras que tem feito um trabalho incrível na cena.

Leia mais: Go Girl #9: Ella De Vuono acredita na diversidade em sua nova gravadora

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Tem duas paixões na vida: viagem e música. Com mais de 30 países na bagagem e muitas histórias em festivais, escolheu os cinco dias acampada na lama do Glastonbury e a mágica de trabalhar no Tomorrowland Bélgica como as experiências mais incríveis que já teve.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome