Go Girl #39: AHLMA conquista a Europa e toca no Rock In Rio Lisboa

AHLMA
Crédito: divulgação

Ela é um fenômeno na música eletrônica. Brasileira, natural de Porto Alegre (RS), Sabrina Tomé, também conhecida como AHLMA, se prepara para levar muita alegria em forma de música para o seu segundo final de semana de apresentação na área vip do palco Super Bock Digital Stage, do Rock In Rio Lisboa, que acontecerá neste domingo, 26.

A gaúcha que se apresentou no mesmo espaço no último domingo, 19, está colhendo os frutos do que construiu ao longo desses anos. Morando em Portugal, a artista que descobriu a paixão pela música ainda na infância já passou por palcos de diversos países como EUA, Alemanha, Bolívia, Colômbia, Uruguai, Paraguai, Argentina, Portugal, Itália, Austrália e muitos outros, além de dividir apresentações com grandes nomes do cenário eletrônico como Tiësto, Fatboy Slim, Vintage Culture, Rooftime e Alok.

No Brasil, Sabrina também escreveu sua história em casas badaladas entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e também se desafiou à frente do programa “She DJ”, um programa semanal transmitido pela rádio Energia 97 FM de São Paulo, atualmente a jovem é um verdadeiro talento que influencia e marca a fase das mulheres no cenário eletrônico. 

Com um estilo autêntico, AHLMA também coleciona várias conquistas com suas tracks, hits como “Be Cool”, em parceria com o DJ Ednner Soares; “Baby’s Dream”, de 2013 pelo selo LK2 com remixes do DJ Meme, uma homenagem ao seu filho, conquistou o topo das tracklists de países como Grécia e Itália, além de outros sucessos marcados pela singularidade que só AHLMA apresenta em seus trabalhos. 

AHLMA
Crédito: divulgação

Nosso Go Girl de hoje é com AHLMA, que contou detalhes sobre o  Rock In Rio Lisboa, vida, carreira e novidades para 2022, confira! 

Desde o começo da vida, como se deu sua paixão pela música? Quais são suas primeiras memórias e como decidiu trabalhar com isso?

“A música sempre me acompanhou de uma forma muito natural. Creio que pura afinidade! Desde muito pequena percebi o efeito e o poder dessa arte, o quanto ela nos mobiliza emocionalmente e energeticamente. Algo mágico acontece, com ela podemos transcender não só individualmente, mas coletivamente também, o que é lindo.”

Além da música, você se inspira em outras artes, como dramaturgia, artes plásticas, escrita etc? Quais são as artistas que inspiram seu trabalho?

“Minha inspiração vem muito mais da relação com os outros. Sou movida por essa paixão pela vida e sua diversidade de experiências. Aprecio os pensadores, a filosofia, a metafísica e as novas ciências. Elas me ajudam a de certa forma me libertar dos padrões sociais e fazer com que eu me sinta mais livre e legítima. Me aproximam da contemplação e do sentir sendo esses os fios condutores da construção da minha obra. 

Me identifico com alguns artistas da música eletrônica principalmente, tais como Black Coffee, Hot Since 82, KC Lights, Dario D’Attis entre outros.”

Ouvindo a seus sets, dá para perceber uma profundidade marcante no repertório, com referências de todos os cantos, épocas e sonoridades. Fora da música eletrônica, que outros artistas e gêneros musicais inspiram seu trabalho?

“Sim, excelente observação. Minha bagagem musical é imensa. Sempre fui uma pesquisadora voraz. E curto ouvir rádios alternativas de estilos diferentes. Me inspiro em vários estilos, em destaque Chillout, Lounge, Jazz e Bossa Nova.”

Como funciona seu processo de crate-digging, e como busca por referências?

“Muita pesquisa. Seleciono o que escuto e gosto. Depois vou construindo o meu set basicamente fechando os olhos e sentindo o flow e deletando o que não mantem a energia. Penso nas minhas produções, faço edit, mashups. Busco o original, não necessariamente o desconhecido, a novidade.”

Ao longo da sua carreira, teve a oportunidade de se apresentar ao redor do mundo, e imaginamos que deva ter vivido momentos loucos e inesquecíveis! Qual é a primeira memória que vem à cabeça quando perguntamos sobre um momento maluco no palco?

“A primeira vez que o Tiësto esteve no Brasil, em Brasília. Foi um marco para a cena da música eletrônica. Precisei fazer uma cirurgia dias antes e desrespeitei o período que deveria estar em recuperação para não perder a oportunidade! Foi desafiador e muito emocionante! E deu certo, pois ainda estou por aqui (rs)!”

Você acaba de ter sua primeira experiência tocando no Rock In Rio Lisboa, e podemos imaginar que sem dúvida é um momento que nunca deixará sua memória. Quais foram os principais aprendizados nessa jornada? O que passava na sua cabeça no momento em que começou a tocar?

“Depois da pandemia, sinto quase como se tivesse nascido de novo como artista. Foi uma experiência muito especial, com direito a “frio na barriga”! Trabalhei muito em pouco tempo para conquistar esse espaço, não foi à toa.”

Você vem construindo uma carreira sólida ao longo de vários anos, marcada por conquistas, prêmios e apresentações inesquecíveis. Que conselhos daria para uma jovem que quer seguir seus passos e construir uma carreira na música eletrônica?

Acreditar no próprio potencial e se cercar de pessoas que potencializem isso! Resiliência e disciplina, também são fundamentais.

O que podemos esperar de Ahlma para os próximos meses? Tem alguma novidade especial que possa compartilhar com a gente?

“Muitos lançamentos de novas tracks. A parte boa da pandemia foi o tempo que passei em estúdio produzindo (rs).

Vale ressaltar que Sabrina Tomé já liderou o ranking feminino dos 100 Top DJs da revista especializada Electro MAG, já teve o nome assumindo 62ª posição geral na revista House MAG, ambas em 2009, além de ser eleita, em 2014, como a melhor DJ feminina no Brasil pela DJMAG, e por anos seguidos conseguiu se manter entre os 100 DJs brasileiros mais populares.

FICHA GO GIRL – AHLMA

Nome completo: Sabrina Amaral Tomé

Onde nasceu: Porto Alegre – RS / Brasil

Música favorita da vida: The Temper Trap – Sweet Disposition

Collab dos sonhos: KC Lights e Black Coffee

Leia também: Go Girl #38: Raffa Boeno fomenta a cena e faz a pista ferver

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome