Os grandes eventos estão voltando pelo mundo. Entenda a retomada em diferentes países

eventos pelo mundo

Enquanto aqui no Brasil nós continuamos aguardando novidades e boas notícias com relação a evolução da pandemia, alguns países, mais avançados na vacinação e controle do COVID19, vem trazendo a esperança de uma volta a normalidade em breve. A ideia neste post é informar sobre as últimas notícias pelo mundo, com ar de positividade, mas sem esquecer que ainda precisamos de muita paciência e respeito com tudo que estáacontecendo no nosso país. Quem puder, fique em casa e se cuide.

Reino Unido

Provavelmente você viu recentemente nos noticiarios as grandes festas que vem acontecendo como parte de eventos-testes para a entender a disseminação do vírus em ambientes com muitas pessoas. Um exemplo foi o The First Dance, que aconteceu no último final de semana e englobou os dois eventos como parte do programa nacional de Pesquisa de Eventos (ERP), no qual 6.000 clubbers puderam curtir as festas em um galpão em Bramley Moore sem distanciamento social ou uso de máscaras. Os participantes serão monitorados para que seja possível determinar a volta segura dos eventos.

Em fevereiro, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou que clubs em todo o país poderiam ser reabertos em 21 de junho, e o lendário FABRIC foi um dos que já confirmou seu evento de reabertura, no final de semana do dia 25 e 26 de junho com uma festa de 42 horas. Outra festa confirmada é a Amnesia apresenta PYRAMID, com dois palcos, no dia 3 de Setembro.

Espanha

A Espanha teve 09 de maior como o último dia de toque de recolher e do estado de emergência devido a pandemia de COVID19 em 13 de suas 17 regiões. Como resultado, espanhois em várias cidades saíram para comemorar em festas no domingo a noite.

Algumas medidas de restrições ainda são necessárias, como uso de máscara e distanciamento social, sendo permitidas reuniões com grupos de até no máximo 6 pessoas, mas a previsão do país é otimista quanto ao retorno de eventos. O setor está trabalhando em conjunto com as autoridades para retomar de forma segura. No mês passado a cidade de Barcelona sediou um evento sem distanciamento social, com 5.000 participantes, como uma experiência para entendera retomada do setor de maneira segura. Os resultados mostraram que das 4.994 pessoas que compareceramapenas 6 tiveram resultado positivo nos 14 dias após o show, com os pesquisadores concluindo que 4 delas não foram infectadas no show, mas em outro lugar. Com o resultado positivo, novos testes acontecerão até a liberação total da cidade para aglomerações.

Além disso, o governo espanhol declarou que a Espanha pretende começar a receber turistas de todo o mundo a partir de junho. Os protocolos devem envolver a apresentação de PCR Negativo, Certificado de Vacinação ou de Sorologia Reagente com anticorpos. O país também é parte do programa Certificado Verde Digital da União Europeia, que permitirá aos turistas mostrar se tomaram a vacina ou tiveram o vírus recentemente via QR code. De acordo com o secretário geral de informação e inovação, “Este certificado não é um passaporte, não é um documento de viagem e não é um requisito para viajar. É um mecanismo que irá facilitar a mobilidade na União Europeia. Respeitará a proteção de dados, segurança e privacidade. Está planejado para não ser discriminatório, e essa é uma das grandes vantagens. ”

Ibiza

Um dos locais mais aguardados para confirmar a temporada do verão europeu certamente é Ibiza. A previsão é de que a maior parte da população seja vacinada ainda neste mês de maio, o que traz uma previsão positiva para os próximos meses.

Alguns clubs já começaram a anunciar festas para essa temporada, um exemplo foi o Amnesia Ibiza, que anunciou sua festa de encerramento da temporada para o dia 23 de outubro.

Evento Barcelona Covid

Bélgica

O governo belga apresentou recentemente o Fredoom Plan para organizar a reabertura de vários setores conforme aumenta o controle sobre a pandemia. O primeiro ministro belga, Alexander de Croo, afirmou que acredita ser possível a realização de grandes eventos como o Tomorrowland e o Pukkelpop no final do verão europeu. De acordo com ele, ’em agosto todos os adultos terão a oportunidade de se vacinar’. O ministro da saúde Frank Vandenbroucke completou: ‘As pessoas terão que usar seu passaporte corona. As pessoas que não foram vacinadas terão que fazer o teste. Aqueles que ficaram doentes recentemente e têm imunidade também serão admitidos.’

De acordo com Fredoom Plan, em junho ocorrerá a reabertura total de bares e restaurantes. Grandes eventos podem começar a ocorrer em julho se obedecerem as regras de distanciamento social e uso de máscaras, com limite de público de 5.000 pessoas ao ficar ao ar livre e 3.000 em ambientes fechados. Em agosto, esse número aumenta para 10.000 e 4.500, respectivamente. O Tomorrowland e o Pukkelpop tem capacidade diária de 70.000 e 60.000 respectivamente, e são os últimos grandes eventos belgas programados para acontecer ainda nesse ano.

Suíça

A Suíça estabeleceu novos regulamentos desde 19 de abril. O país permitiu a reabertura de shows em espaços indoor com 50 pessoas e 100 pessoas em espaços ao ar livre. As regras envolvem a ocupação de apenas 1/3 dos locais e a proibição de consumo de bebidas e comidas. A partir do começo de junho serão permitidos eventos com mais de 3000 pessoas, e a previsão é de que depois de setembro esse número aumentará para 10000 pessoas.

A Associação Suíça de Promotores de Música (SMPA) considera que esse é o primeiro passo para a volta da normalidade na vida noturna do país. Para dar suporte a indústria da música, a legislação local garante que qualquer evento de importância nacional programado para acontecer de 1º de junho de 2021 a 30 de abril de 2022 terá os custos cobertos pelo estado caso tenham que ser cancelados.

Holanda

A Holanda também faz parte dos países que estão realizando grandes experimentos para descobrir se grandes grupos podem se reunir com segurança enquanto a pandemia não acaba. Desde janeiro o projeto Fieldlab realizou série de eventos-teste, como uma festa no Ziggo Dome, em Amsterdam, festivais e conferências. Como última parte do projeto, o concurso Eurovision Song fará nove programas de 18 a 22 de maio em Rotterdam, com 3500 visitantes que terão que mostrar um recente teste negativo de SARS-CoV-2 para entrar e sem distanciamento social ou máscaras de proteção. O objetivo é desenvolver teorias validadas que comprovem a abordagem segura e confiável necessária para a volta dos grandes eventos.

O Amsterdam Music Festival confirmou retorno presencial no dia 16 de outubro deste ano, e já confirmou nomes como David Guetta, Armin Van Buuren, Tiësto e Afrojack B2B Nicky Romero.

Escócia

Na Escócia, clubs e bares entraram com uma ação contra algumas regras do governo com relação a pandemia. O objetivo é acabar com os limites de capacidade dos locais e horários de funcionamento. Segundo eles, as regras em vigor ” não são mais justificáveis ​​ou proporcionais “.Atualmente é proibido servir bebidas alcoolicas dentro dos locais, e tudo deve fechar as 20h. Revindicando apoio do governo escocês, a Night Time Industries Association ( NTIA ) coloca a pauta como urgente já que o setor teve muitas perdas.

Com a campanha de vacinação em bom andamento, as restrições devem ser flexibilizadas no dia 17 de maio, com a possibilidade de até seis pessoas de três famílias poderem se reunir em espaços públicos internos. Outros locais de entretenimento também poderão retomar o serviço com capacidade limitada a partir desta data. 

Estados Unidos

Com uma das campanhas de vacinação de maior sucesso no mundo, os Estados Unidos tem como objetivo garantir que 70% dos adultos recebam pelo menos uma dose da vacina até o dia 4 de julho, e aos poucos já estão sendo confirmados grandes eventos para o final deste ano e muitos estados já estão permitindo a volta de clubs e festas. O LIV club reabriu no dia 16 de abril com Alesso e The Martinez Brothers, e muitos outros eventos já estão acontecendo nessa retomada da vida noturna de Miami.

O governardor de Nova York, Andrew Cuomoanunciou uma mudança nas restrições relacionadas à capacidade dos locais para receber público. A partir de 19 de maio, locais ao ar livre terão a permissão para receber até 33% da capacidade de público, e locais internos de grande escala receberam autorização para operar com até 30% da capacidade.

Em Washington, a definição é que a partir de 21 de maio locais de entretenimento – incluindo bares e boates – terão permissão para operar com 50% do público, acima do limite atual de 25% que foi instituído no início deste ano. A previsão é afrouxar ainda mais as restrições em 11 de junho, suspendendo também o horário de fechamento a meia-noite.

Já no Colorado, o Red Rocks Amphitheatre está se preparando para voltar com capacidade total dos eventos em julho. O local já tem agenda de shows com Diplo, Rüfüs du Sol, Rezz, Alison Wonderland e muito mais confirmados!

Apesar de grandes festivais terem cancelado a edição de 2020, como foi o caso do Burning man, outros eventos para centenas de milhares de pessoas estão confirmados, como o EDC Las Vegas que deve acontecer nos dias 22, 23 e 24 de outubro deste ano.

eventos

E os brasileiros? Serão bem vindos?

A resposta é que ainda é muito cedo para saber. Com relação aos países europeus, a BBC divulgou que, apesar da comissão da União Europeia ter recomendado a diminuição de restrições de viagens não essenciais para pessoas de fora do bloco, apenas turistas que tenham recebido a segunda dose de uma vacina aprovada por eles há pelo menos duas semanas poderão viajar. Em outros termos, ainda não há garantias de quais países serão permitidos nos próximos meses

Por enquanto, as vacinas aceitas pela UE são da Moderna, Pfizer-BioNTech, Oxford-AstraZeneca e Janssen-Johnson & Johnson. A taxa de contaminação também será fator importante, uma vez que estão considerando que o número de infecções permitidas será de 100 casos a cada 100 mil. Outra preocupação é o descontrole da pandemia no Brasil, com aparição de novas variantes potencial de reduzir a eficácia das vacinas.

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Tem duas paixões na vida: viagem e música. Com mais de 30 países na bagagem e muitas histórias em festivais, escolheu os cinco dias acampada na lama do Glastonbury e a mágica de trabalhar no Tomorrowland Bélgica como as experiências mais incríveis que já teve.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome