‘Icarus’ marca o retorno de Binaryh à label Prisma Techno

Icarus

O duo brasileiro Binaryh, formado por Camila e Rene vem emplacando hits a cada novo lançamento e já se tornaram um dos casais mais amados da cena techno mundial e tem como característica a singularidade e consistência em suas produções e retorna à label Prisma Techno com o EP ‘Icarus

A próspera relação construída com a Prisma teve início em 2018, com um remix para a faixa ‘Pulsar’, de Paulo Foltz. Em 2019 o duo lançou o seu primeiro EP autoral no selo, ’Hydra’, um furacão tanto nas plataformas de streaming quanto nas pistas de dança, sendo tocado em grandes festivais ao redor do mundo por artistas como Tale of Us, D-Nox, Eli Iwasa, Renato Ratier e muito outros.  Em 2020 emplacaram mais dois grandes sucessos originais com o EP ‘Palladium’,  também recebendo suportes de artistas importantes como Fur Coat e Blancah. Todos esses lançamentos formaram uma base sólida, frutos de uma união de trabalho sério e sólido de ambas as partes.

Estamos agora em 2021, e o Binaryh está de volta a Prisma Techno para mais um grande capítulo dessa história com o EP ‘Icarus’, neste que é o 36º lançamento do selo e marca os sete anos de existência da Prisma. 

A faixa-título ’Icarus’ combina brilhantemente duas forças antagônicas, acid e melódico, simbolizando a própria essência do duo, um perfeito contraste entre harmonia e caos. Para aqueles familiarizados com a história de Icarus terão facilidade em associar os timbres ácidos ao momento em que suas asas estão sendo queimadas pelo calor do sol, e a melodia correspondendo ao próprio deslumbre de estar voando. ‘Icarus’ demonstra toda a genialidade do duo, apresentando características jamais vistas em suas produções anteriores, trata-se de uma arma poderosa, que se encaixa perfeitamente no momento mais energético da pista de dança!

A segunda faixa do EP, ‘Procyon’, tem o mesmo nome da estrela mais brilhante da constelação de Canis Minoris, sendo em verdade um sistema estelar binário formado pela branca espectral Procyon A e sua tênue companheira anã branca Procyon B, orbitando uma a outra. Aqui o Binaryh intercala duas linhas melódicas de maneira análoga a dança cósmica das estrelas, um sentimento épico e intergaláctico que é enfatizado pelos timbres de cordas orquestrados, característica muito presente em suas produções. A volta do break é eufórica e aliviante, com timbres tão quentes que conseguem esquentar até mesmo os mais frios dos corações. É impossível não se apaixonar por esse casal!

De maneira inédita aos lançamentos anteriores do Binaryh na Prisma, neste EP temos ainda dois remixes de artistas integrantes do selo. Vicius recebeu o desafio de reinterpretar a faixa-título, ’Icarus’, e nos apresentou uma versão bem mais misteriosa e esotérica, tendo sucesso em imprimir fortemente sua personalidade sem perder a lembrança clara da história original.  Chappier mais uma vez nos surpreendeu com um remix de tirar o chapéu. Tão genial quanto seu remix para ‘Saturn V’, de Anderson Noise, sua versão de ‘Procyon’ apresenta a história original em uma estética única com influencias de new wave, indie dance e synths com timbres digitais característicos dos vídeos games dos anos 80, sendo conduzidos por grooves bem marcados e momentos imprevisíveis. Trata-se de algo novo, impactante e sem fronteiras!

Leia também: “Miss You” marca a estréia de Alex Gewer em 2021 em parceria com Kevin McKay e Tasty Lopez

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e estudante de publicidade, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome