Conheça a originalidade do catarinense Jack Cheler

Jack Cheler
Crédito: divulgação

Com o desejo de fazer a diferença e se destacar do comum, Jackson Nichele, ou apenas Jack Cheler, vem contribuindo para a cena eletrônica desde 2007. Das raízes no Sul do Brasil, o artista carrega em seu ímpeto a vontade de produzir e entregar novidades. 

Quando, ainda nos tempos da escola, percebeu que tinha aptidão para organizar as festinhas com os amigos, viu nascer ali uma oportunidade. Desses anos, promovendo encontros onde boa música rolava, veio a experiência do que viria a se tornar mais tarde o GARAGE, festa criada e produzida por ele, que vem conquistando fãs e admiradores a cada edição. Nesta combinação de fatores, logo evoluiu para a discotecagem, encaixando perfeitamente com seu estilo de vida boêmio e agitado. 

“Posso afirmar que está sendo um processo longo, mas duradouro. Eu sempre fui um cara que pensa a longo prazo, nunca desisto dos meu sonhos. Tive muitos erros, mas também muitas conquistas, isso faz parte do aprendizado e da evolução de um artista. Sempre quis estar onde estou hoje, mas nunca tirei os pés do chão. Hoje me vejo mais maduro enquanto artista, decidi produzir minhas próprias faixas visando ir além de um DJ regionalista, buscando alcançar o restante do país e do mundo”. 

Colecionador de vinil, estudioso da House e Minimal House, o produtor se dedica com afinco nessas experimentações e formas de mesclar diferentes vertentes musicais e tem como referenciais pessoais os artistas Petre Inspirescu, Ricardo Villalobos, Raresh e Barac, artista que inclusive deu suporte à uma de suas faixas recentemente. Em sua carreira, já assinou com selos como Tzinah(ro), Serialism Records, Handcrafted Label, Vandalism e Playperview, citando algumas. Atualmente, comanda as pick-ups de um dos clubes mais prestigiados de Santa Catarina, o Matahari, além de ter passagens por outros lugares importantes de Santa Catarina.

Com tantas oportunidades e projetos em vista, Jack reforça que há muito mais sonhos para realizar. “Posso dizer que a pandemia me fez evoluir, criei uma empresa onde vendo equipamentos para DJs e produtores, vi mais uma porta se abrindo e me conectei com  outros artistas, novos clientes e até seguidores do meu trabalho. Hoje almejo tocar fora do país e sinto que a cada dia que passa estou mais perto disso acontecer. Outra novidade é que em breve lanço mais um vinil, pelo selo brasileiro INDICA LABEL, será a minha segunda faixa eternizada em LP”

A próxima apresentação do artista rola no Surreal Park, dia 02 de julho, sábado, ao lado de Botanic Soundsystem e do romeno COSMJN. Adquira os ingressos via Sympla.

Por Sofister 

Leia também: Annëto chega à Bahia e apresenta novo set em vídeo em Trancoso

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas, clique aqui!
- Confira nossos grupos exclusivos de WhatsApp aqui!

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e graduado em Comunicação Social pela ESPM SP, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome