Lokerse Feesten: um festival diferente

0
1
Lokerse Feesten

Vocês sabiam que nem só de Tomorrowland vive a Bélgica? O país ferve no verão exatamente como o resto da Europa e recentemente eu descobri um festival interessantíssimo chamado Lokerse Feesten.

Acompanha a história: minha banda favorita, o Keane, após um hiato de 6 anos separada resolveu voltar a ativa e anunciou uma tour pelo verão europeu e um show na Bélgica exatamente uma semana após a Tomorrowland.

Pensei “por que não ficar mais uns dias por lá e ver meus meninos que não vejo desde 2013?”. Foi quando eu tive a surpresa: o show não era em Bruxelas como eu achava e sim nesse festival numa cidadezinha chamada Lokeren, um distrito da Antuérpia bem no interior da Bélgica. E agora?

O Lokerse Feesten

O Lokerse Feesten é um festival que acontece em Lokeren desde 1975 e sempre teve um formato longo acontecendo por vários dias. O desse ano acontece por dez dias, começando dia 02 de agosto e indo até dia 11 de agosto.

Ele tem atrações para todos os gostos, desde Scorpions até Charlotte De Witte. É normal a programação do festival dar o mesmo valor a atrações de peso do rock e atrações consagradas da música do eletrônica em dias alternados.

Ele tem dois palcos: o Mainstage e o Red Bull Music Stage. É possível acampar no festival ficando todos os dias, alguns dias ou apenas um dia. Todos os tickets te dão a opção de compra de camping.

Camping no Lookerse Feesten

Existem 3 tipos de camping: o simples chamado ET, que você compra apenas o espaço do camping e é responsável por levar toda a sua parafernalha. O mediano chamado KAPI TIP-IP, que é uma cabaninha triangular muito fofa que você precisa levar apenas seu colchão e travesseiro e o mais chique que é um quartinho que você pode apenas chegar cansado e se jogar pronto pra dormir, chamado MIMZ.

Eles ficam ao lado da estação de trem de Lokeren, o que torna o transporte de quem está saindo das grandes cidades muito mais prático.

Não é fã de acampar?

Se você assim como eu, não é exatamente o tipo de pessoa que é fã de camping, não temais! Você está na Europa! Além do trem que tem leva de dia para o festival, quando você compra o ingresso no site, ele te dá a opção de compra casada – e nesse caso você não vai odiá-los – do Night Bus do retorno pra casa.

O site do festival mostra realmente muitas opções de linhas do Night Bus, com retorno para muitas possíveis estações de ônibus fora de Lokeren. A única coisa que eu sabia é que eu estaria hospedada na Antuérpia e que meu vôo pro Brasil sairia no domingo.

Como eu estava um pouco perdida porém desconfiava que a linha que deveria comprar seria a para a Estação da Antuérpia, fiz o que qualquer brasileiro que não fala dutch faria: mandei um email para a produção do festival falando please help a Brazilian in need. Não decepcionando nunca, o produtor belga foi muito gentil e além de me confirmar que realmente eu precisaria pegar a linha para a Antuérpia, ainda me sugeriu horários de trem pro aeroporto de Bruxelas para que eu não perdesse meu avião pro Brasil <3.

Hospedagem

Como ficarei com uma semana livre entre o final da Tomorrowland e o Lokerse Feesten, resolvi realizar o meu sonho de historiadora e conhecer as cidades medievais do interior da Bélgica neste intervalo. Por isso bookei hostels que me deixassem o mais perto possível das estações de trem que vou pegar para conhecer as três cidades que escolhi conhecer: Gent, Bruges e Ostend.

Durante o Lokerse Feesten, escolhi me hospedar na própria Antuérpia. Procurei opções de hospedagem em Lokeren mas não existem hostels por lá, de tão obscura que é a cidade. Existe apenas um hotel e é caríssimo. Por isso o produtor me ofereceu ficar acampada, realmente é a melhor opção se você não tem que pegar um vôo no dia seguinte.

O Lokerse Feesten não é um festival de acesso muito simples, mas me parece ser uma experiência diferente de todas as que já fui. Fico muito tranquila de saber que os meios de transporte funcionam de forma organizada na Bélgica. O Night Bus que escolhi para sair do festival me deixará na estação Antwerpen Berchem, e o que me restou foi escolher um hostel próximo a essa estação e que fosse bem avaliado no Hostel World, o YUST.

Sempre me pergunto como as pessoas faziam para programar viagens antes da internet e do Google Maps. Obrigada, Google! Minha dica pra você que quiser experimentar um festival fora do circuito é tentar juntar o máximo de informações que você puder sobre o local antes de estar nele. E se tiver dúvidas sobre o festival, não tenha medo de escrever pros produtores: as pessoas podem ser mais legais do que a gente imagina! Em breve eu volto pra contar como que foi essa experiência!

Texto por: Polly Assumpção

Lokerse Feesten

Leia Também: Melhores festivais do mundo, segundo a DJ Mag

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here