A história do Lollapalooza Brasil e os destaques de cada edição

Já se perguntou sobre a a história do Lollapalooza Brasil? Para começar, o festival foi criado nos Estados Unidos em 1991, por Perry Farrel, vocalista da Jane’s Addiction, como palco da turnê de despedida da banda. Na primeira edição tocaram apenas 9 bandas, entre elas Living Colour, Nine Inch Nails e Ice-T. Fora dos EUA, o primeiro país a receber o festival foi o Chile, seguido de Brasil e Argentina.

Neste post fizemos um compilado das principais novidades que foram surgindo aos longo dos anos, destacando pontos da evolução do Lolla BR! Confira abaixo:

Lollapalooza Brasil 2012

A 1ª edição do festival rolou em 2012, no Jockey Club, em São Paulo. Nos dois dias, 07 e 08 de abril, 70 atrações se apresentaram nos cinco palcos (Cidade Jardim, Butantã, Kidzapalooza, Alternativo e Perry), com Foo Fighters e Arctic Monkeys como headliners:

Lollapalooza brasil

O primeiro ano da história do Lollapalooza Brasil fez o público sair surpreendido, principalmente com o primeiro dia que foi marcado por um sol escaldante e terminou com um show inesquecível de mais de 2h30 do Foo Fighters. Apesar das filas para entrar no festival no final da tarde, para comprar fichas e pegar bebidas, a organização de um festival deste tamanho (70.000 pessoas) funcionou e melhorou ainda mais no domingo. Nem a chuva atrapalhou o show de encerramento com Arctic Monkeys, que fizeram uma vibe incrível no dia assim como Friendly Fires e Foster the People.

Experiência @wegoout by Bruna: “O show mais surpreendente e empolgante para mim nessa edição foi do Friendly Fires! O vocalista Ed Macfarlane fez uma performance hipnotizante. Lembro das dancinhas e movimentos malucos dele como se fosse hoje!”

Lollapalooza Brasil 2013

Depois do sucesso da primeira edição nacional, o festival veio maior em 2013 – em três dias, 29, 30 e 31 de março – e com os mesmos cinco palcos. The Killers, The Black Keys e Pearl Jam foram os grandes nomes do palco principal:

Lollapalooza brasil

Esse ano ficou marcado por chuva e muita lama no Jockey, fatores que não atrapalharam quem foi curtir os dias de festival! Entre os shows, Of Monsters and Man se destacou e foi eleito uma das melhores surpresas do festival, enquanto The Killers, The Black Keys e Pearl Jam cumpriram as expectativas de fazer os shows mais esperados dos dias.  

Uma curiosidade sobre 2013: A segunda edição do Lollapalooza Brasil teve um público de 170.000 pessoas em três dias. Nesse ano alguns shows contaram com tradução simultânea em libras, a língua brasileira dos sinais. Além do que os artistas falavam, os interpretes eram responsáveis por traduzir as letras das músicas.

Experiência @wegoout by Jode: “Depois de muito tempo esperando para ver The Killers, nem a chuva atrapalhou minha vibe quando o Brandon Flowers entrou no palco! Pulei e cantei todas as músicas, junto com uma galera que estava tão animada e empolgada quanto eu. Para mim, foi o melhor show da história do Lollapalooza Brasil disparado.”

Lollapalooza Brasil 2014

O terceiro ano de Lollapalooza contou com uma grande mudança, saindo do Jockey e indo para o Autódromo de Interlagos. Neste ano de 2014 o festival voltou a acontecer em dois dias, com Muse e Arcade Fire como headliners:

Lollapalooza Brasil

No primeiro ano no Autódromo, o Lollapalooza ficou marcado por grandes shows e alguns problemas logísticos. As filas na entrada do primeiro dia foram enormes, e a movimentação de um palco para outro era quase impossível. No segundo dia os problemas foram resolvidos e o público pode circular mais tranquilamente. Nesse ano rolou a inauguração do Chef Stage, uma área que contou com 16 stands de comidas diferentes, e opções de mais de 30 pratos de massas, paellas, risotos entre outros. Também o ano que o festival o começou a ser comandado pela T4F.  

Curiosidades sobre 2014: Foram 54 horas de música, com 150.000 pessoas nos dois dias de festival. O público foi 53% feminino, de 18-34 anos, e durante o evento 123.000 litros de chopp foram consumidos. A mudança para o autódromo foi aprovada pela maioria do público, que não se importou em andar muito, principalmente considerando que a distância entre os palcos mais afastados chegava a quase 2,5km.

Experiência @wegoout by Jode:“Para começar, eu amei a mudança do Jockey para o Autódromo de Interlagos. Os palcos ficaram bem maiores e o terreno desregulado permite uma boa visão do show na maioria dos lugares, não só na frente do palco. O melhor dia dessa edição para mim foi o domingo, que pude ver o fechamento sensacional da banda Arcade Fire.”

Lollapalooza Brasil 2015

Em 2015 o Lolla aconteceu novamente em Interlagos, nos dias 28 e 29 de março. Jack White e Pharrel Williams foram os headliners do festival:

Lollapalooza Brasil

Este foi um ano de mais uma mudança importante para a história do Lollapalooza Brasil. A moeda mudou de “Pillapalooza”, fichas em papel que só podiam ser compradas dentro do evento, para “Lolla Mangos“. Cada Lolla Mango custava R$2,50 e dava para comprar com antecedência pela internet, evitando filas e melhorando a organização do evento. 2015 também se mostrou muito mais organizado do que o ano anterior, com menos filas e mais comodidade, como um aumento no Chefs Stage, com mais opções de alimentação.

O primeiro dia foi marcado pela dobradinha Jack White e Robert Plant. A maior surpresa foi a quantidade de pessoas ansiosas para ver as atrações eletrônicas, Skrillex e Calvin Harris. De acordo com uma pesquisa feita pelo próprio festival, para a maioria do público estes foram os melhores shows: Skrillex (48%), seguido por Calvin Harris (16%).  

Curiosidade sobre 2015: Neste ano o festival teve um público de 135.000 pessoas e 56 horas de música. Mais de metade do público era de fora de São Paulo, o que gerou um impacto de mais de R$93 milhões para a economia da cidade. O Chef Stage teve 24 barraquinhas de chefs famosos, e foram servidas 34.438 mil refeições apenas nesse espaço.

Experiência @wegoout by Bruna: “A edição de 2015 estava incrível no quesito organização! O show que mas pulei e dancei foi o do Foster the People, banda que amo e que estava na sua melhor fase! A performance do Calvin Harris também empolgou muito, aquela multidão de pessoas animadíssimas cantando hit após hit, chuvas de papel picado, fogos, tudo aquilo marcou uma nova etapa do Lolla no Brasil!”

Lollapalooza Brasil 2016

A edição do Lollapalooza 2016 aconteceu nos dias 12 e 13 de março, com Eminem e Florence+The Machine como headliners:

Lollapalooza Brasil

Em sua 5ª edição no Brasil, o festival se provou mais do que consolidado com sua boa organização. Novidades nas ativações de marca deixaram experiências diferenciadas para quem foi curtir os shows, como uma torre de saltos da Axe, onde a galera pulava em queda livre para um grande colchão inflável. A moeda Lolla Mangos foi reajustada e teve o mesmo preço do real, o que tornou muito mais fácil não ter que fazer conversão na hora da compra!

A banda Mumford & Sons roubou a cena do primeiro dia com um show enérgico e uma platéia que cantava juntos todos os hits, e Eminem, responsável pelo fechamento do festival, foi escolhido pelo público como um dos melhores shows do evento. O segundo dia deu destaque para a música eletrônica, com um show incrível de Jack Ü.

Experiência @wegoout by Jode: “Para mim, uma das melhores edições da história do Lollapalooza Brasil. Tudo super organizado e um line que surpreendeu. Os shows que aconteceram no palco Onix foram os melhores: Jack Ü, Of Monsters and Man e Mumford and Sons. Foram aqueles momentos que eu guardo pra vida, com vários amigos ao redor, pertinho do palco e cantando junto com uma multidão”

Saiba tudo sobre nossa experiência no post Lollapalooza BR 2016 | Saiba como foi a 4ª edição do festival

Lollapalooza Brasil 2017

O Festival rolou nos dias 25 e 26 março, com Metallica e The Strokes como headliners:

Lollapalooza Brasil

A novidade do ano é o ingresso em forma de pulseira, a Axe Lolla Cashless. A pulseirinha veio para trazer ainda mais conveniência para o festival. Além de substituir o ingresso, ela também evitou a utilização de dinheiro para compras dentro do evento. Como foi a primeira edição com a tecnologia, algumas filas se formaram principalmente nos bares perto dos palcos. No total, foram 100 mil pessoas no sábado e 90 mil pessoas no domingo, o festival cresceu muito com relação ao ano anterior.

O palco eletrônico mostrou o tamanho da sua importância quando teve que ser fechado para o show do Vintage Culture para evitar super lotação, e se manteve em alta durante a maioria das apresentações do festival. Mais uma vez o palco Onix trouxe shows que ficaram para a história: The XX fez um show que hipnotizou o público e The Weeknd colocou todo mundo para cantar seus hits. The Strokes e Metallica também mostraram o porquê de serem os headliners do festival com shows empolgantes.

Experiência @wegoout by Jode: “O Lolla continua sendo para mim o melhor festival do Brasil. Mesmo com alguns pontos logísticos, os shows são sempre super empolgantes e históricos. Vimos muitas bandas, nos impressionamos com a estrutura do palco Perry e e temos certeza que ainda virão mais momentos emocionantes com muitos DJs por aqui. Foi mais um ano sensacional!”

Saiba tudo sobre nossa experiência no post Com várias polêmicas, saiba como foi o Lollapalooza Brasil 2017

Lollapalooza Brasil 2018

O Lollapalooza 2018 rolou nos dias 23, 24 e 25 março, com Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam e The Killers como headliners:

Lollapalooza Brasil

A boa notícia para os fãs é que o festival voltou a acontecer em três dias, e essa foi a maior edição de toda a história do Lollapalooza Brasil! Foram 100 mil pessoas em cada um dos três dias, que movimentaram R$152 milhões de reais, um crescimento de 61% com relação ao ano anterior. A marca Onix ainda fez um “esquenta”, com uma noite pré festival com shows de Wiz Khalifa, Liam Gallagher LCD Soundsystem, e todos os proprietários do carro tiveram a possibilidade de cadastrar no site e ir com mais 3 amigos para curtir os shows!

Os palcos foram dispostos de forma diferente: O Perry, de música eletrônica, ganhou um espaço muito maior no festival, enquanto os palcos Ônix e Axe dividiram o mesmo espaço – o que facilitou na hora de ver uma dobradinha de shows por ali. Mais uma vez, os shows do palco Ônix surpreenderam e quase não comportaram a quantidade de pessoas. Imagine Dragons e Lana del Rey fizeram shows memoráveis, e The Killers foi um dos grandes nomes no palco principal. Os destaques do Perry sem dúvidas foram Hardwell e Dj Snake.

Experiência @wegoout by Bruna: “É oficial, o Lolla virou vício! É o festival brasileiro que não dá pra perder e que se reinventa todo ano, ficando ainda melhor. A nova disposição dos palcos e a mudança para três dias foram ótimas. O Palco Perry mais uma vez traz seu brilho como um dos mais incríveis do evento”

Saiba tudo sobre nossa experiência no post Acertos e pontos a melhorar do Lollapalooza Brasil 2018

Lollapalooza Brasil 2019

O festival rolou nos dias 05, 06 e 07 de abril:

Lollapalooza Brasil

O ano de 2019 contou com mais uma noite pré-festival comandada pela marca Onix, e durante o evento mais de 246 mil pessoas curtiram os três dias de shows e mais de 70 atrações nacionais e internacionais. A grande novidade do ano foi a distribuição de água de graça em pontos específicos do festival! Pela primeira vez o Lollapalooza Brasil precisou ser interrompido, na tarde de sábado, devido a uma tempestade que desabou no Autódromo, mas logo o tempo afirmou e os shows voltaram a programação normal.

O palco Perry ganhou ares mais imponentes e dividiu o grande público com headliners de peso como Tiësto e DVLM e muitas atrações que deixaram o palco lotado durante praticamente todo o dia. Post Malone e Kendrick Lamar foram alguns dos shows mais comentados da edição.

Experiência @wegoout by Jode: “Essa edição foi a mais difícil de escolher os shows! Eram muitas bandas e DJs fazendo apresentações incríveis ao mesmo tempo. Para nós foram três dias incríveis, e pra sempre na memória ficarão so shows de Odesza e Rufüs du Sol”.

Saiba tudo sobre nossa experiência no post: Com open de água e crescimento da música eletrônica, saiba como foi o Lollapalooza Brasil 2019

Lollapalooza Brasil 2022

Nem Lolla 2020, nem Lolla 2021. Devido a situação da pandemia no mundo, a maior parte dos festivais no Brasil foi cancelada nos anos de 2020 e de 2021.

O Lollapalooza Brasil 2022 está confirmado para 25, 26 e 27 de março. Assim que tivermos mais novidades e atualizações sobre o line up e expectativas do festival nós postaremos aqui!

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Tem duas paixões na vida: viagem e música. Com mais de 30 países na bagagem e muitas histórias em festivais, escolheu os cinco dias acampada na lama do Glastonbury e a mágica de trabalhar no Tomorrowland Bélgica como as experiências mais incríveis que já teve.

2 Comentários

  1. Só uma info pro seu gráfico, até 2016 Existia a meia entrada. Então o Ingresso saia a metade do valor que está no Gráfico. Esse Ano a meia, virou inteira. Exemplo: Ano passado o pass estava R$ 400 a meia entrada, esse ano está Mil reais. Seria melhor colocar o valor inteiro para todos ou o valor da Meia. Assim evidencia mais o alta astronômica que teve esse ano.

  2. Faço parte de uma ONG e estamos com uma incrível ideia de parceria com o Lollapalozza, que pode ajudar a salvar milhares de crianças por meio do projeto sem ter custo para os organizadores do evento, se alguém tiver algum contato, seja fone ou e-mail com alguém da organização do Lolla, por favor, entre em contato conosco, ou nos deixe o contato deles para que possamos apresentar a ideia, grande abraço.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome