Melon Blush: um novo rosto na cena underground brasileira

Para aqueles que gostam de estar por dentro do que há de bom e novo que surge dentro da cena nacional de música eletrônica e tem aquele amor peculiar pelo estilo underground, como essa que vos fala, eu sugiro que guarde esse nome: Melon Blush.

Cosmopolita nato de São Paulo, Pedro Passoni aka Melon Blush, assim como muitos jovens, decidiu ir atrás dos seus sonhos e desbravar o mundo. O que fez dessa viagem de estudos ser diferente foram suas escolhas: um curso de Teoria e Produção Musical em Berlim.

As referências com que teve contato em um dos berços de grandes artistas e do conceituado Berghain pode traduzir um pouco do que ele viveu e aprendeu. Já de volta ao Brasil, estudou com o Doutor em Eletroacústica pela UNESP George Alveskog no Instituto Skog, que já ensinou DJs como L_cio, Fractal Mood e Ney Faustini. Ao ouvir seu set, a dimensão disso se torna mais factível.

Com um estilo muito profundo, seu som passa pelo Techno, trance, house progressivo e acid sem decepcionar até os fãs mais assíduos de cada vertente, além, é claro, de ter referências como Maceo Plex, Victor Ruiz e ANNA e receber o suporte de Tessuto e da Projekt Gestalten em suas criações.

Melon Blush

Para esse ano, o artista ainda lançará o EP “A Thousand Lights”, com 3 faixas, um clipe no selo Avocado Dreams (Berlim) – Outubro/2019, além de um remix do L_cio, que sairá no início de 2020.

Vale destacar sua passagem pelo festival Mundo Psicodélico do ano passado, onde fez parte do line up do Palco Mundo e nesse ano participou da festa New Faces on The Block, criada para mostrar os novos nomes da cena underground nacional.

Melon Blush é o tipo de DJ que só de ouvir a gente já sabe que vai longe, e com um currículo desses também não poderia ser diferente. Então a dica que fica é acredite nos novos nomes da cena nacional, pois tem muito garoto bom surgindo, explorando mais do que somente a música, mas também o conceito do que ela representa.

Como diria o DJ em parte de um manifesto escrito por ele: Através da música, organizamos melodias, vibrações e contamos histórias através do tempo. Você pode escutar essas histórias inúmeras vezes, mas em cada ocasião fará uma interpretação única e singular, esse sentimento específico jamais se repetirá.

Leia Também: Festival Sónar: nossa experiência e dicas de como funciona o festival

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here