Shows em Drive-In devem ser uma alternativa durante a pandemia do COVID-19

Com essa nova realidade da pandemia do Coronavírus (COVID-19) impactando cada dia mais a indústria do entretenimento ao vivo, algumas alternativas estão sendo pensadas (e colocadas em prática) para ajudar as pessoas a se distraírem.

Uma das soluções mais práticas e seguras é a transmissão online de apresentações, que acabaram criando uma conexão, mesmo que à distância, entre o artista e o público e que virou praticamente uma “obrigação” aos que querem estar presentes no dia a dia dos fãs.

Chegamos a compartilhar também uma solução mais “futurista”, com um projeto de look clubber chamado Micrashell Futuresuit que protege de contaminação do vírus, criado pela empresa Production Club, mas que ainda está em etapa de desenvolvimento.

Qual seria então uma alternativa para que as pessoas pudessem sair de casa, curtir algum entretenimento, mas com segurança, sem que haja riscos de contaminação? Alguns estão apostando em concertos em Drive-In, ou seja, grandes estacionamentos com carros parados de frente para um palco.

Como funcionam os concertos em Drive-In?

As músicas tocadas por artistas em cima do palco podem ser transmitidas pela internet ou rádio FM, para que as pessoas possam escutar melhor de dentro dos seus veículos. Eles também podem acessar uma vídeoconferência por plataformas como o Zoom e interagirem entre si.

Segundo a revista Forbes, um exemplo recente aconteceu na Dinamarca, com um show do cantor e compositor Mads Langer, que recebeu mais de 500 pessoas dentro dos seus carros e os tickets foram vendidos online em poucos minutos. Durante a apresentação, os presentes não podiam sair dos veículos, que foram distribuídos considerando uma distância segura para que não houvesse contaminação. A polícia local que acompanhou o evento afirmou não ter encontrado problemas e que tudo ocorreu dentro do planejado.

Os espaços de Cinema/Concertos Drive-In não são muito comuns no Brasil, mas tem certa popularidade em outros lugares do mundo. Só nos Estados Unidos, são mais de 300 espaços administrados pela empresa Driveinmovies.com, mas vale ressaltar estacionamentos ou grandes terrenos também podem ser adaptados.

Shows Drive-In

Trazendo um pouco para a realidade brasileira, podemos ver que alguns cultos de igrejas já estão se adaptando a esse formato. Ontem, 03 de maio, a Primeira IEQ de Curitiba realizou um culto com dezenas de carros em um Drive In da cidade, que contou também com transmissão pelo Youtube.

Vamos acompanhar a evolução desse formato de entretenimento no Brasil e ver quais artistas se adaptam primeiro e se o público brasileiro está preparado para consumir esse perfil de eventos presenciais sem que haja a propagação do vírus.

Leia Também: Como está a vida noturna na China após o auge da pandemia do Coronavírus

Agenda de festas, festivais e sets online

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

Administradora paranaense, morou alguns anos em São Paulo e adora as várias opções de festas e eventos que a cidade oferece. É viciada em festivais, não tem medo de encarar um sozinha! Já passou por mais de 15 fora do Brasil, como Creamfields (UK), SXSW (Austin), Coachella (CA), Ultra (Miami e Croácia) e Mysteryland (NL). Divide suas paixões musicais entre techno e indie rock!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here