Ouça “The Way”, nova collab entre Mary Mesk e Curol, pela Mesk Records.

The Way

As DJanes e produtoras Mary Mesk e Curol misturaram sonoridades no estúdio para entregar uma collab pesada. Proporcionando uma experiência diferente, trazendo novas sensações, a track “The Way”  nos transporta para uma viagem com uma mensagem profunda. O novo trabalho das artistas está agora disponível em todas plataformas digitais pela Mesk Records, label de Mariana Mesquita.

“The Way” tem o propósito de guiar o caminho do público para uma experiência sonora, usando diversos elementos que ajudam os fãs de música eletrônica a estarem totalmente imersos. “Demos bastante protagonismo para as percurssōes, focando na estrutura de bateria com referências Afro e, para completar, usamos vocais Árabes, Synths Pads e melodias progressivas”, conta Mary.

A música tem o poder de unir as pessoas e nesse processo de colaboração não foi diferente. “Com certeza essa collab foi muito além da música em si e resultou em uma amizade sincera. Foi uma experiência bem diferente e bem legal poder trabalhar com a Curol. Depois de conversar por mensagens e emails, nos encontramos no meu estúdio em São Paulo. Rolou uma sinergia muito bacana, pois conseguimos finalizar a track em algumas horas. O resultado ficou surpreendente e estou animada com os suportes que ela vêm recebendo antes do lançamento”, adiciona.

Depois de um ano conturbado devido a pandemia, Mary Mesk pôde organizar seu tempo focado no estúdio e realizar dois de seus sonhos. No fim do ano passado, a artista lançou seu 1º álbum de carreira, “Living Places”, que possui 15 distintas produções inspiradas em locais da ilha de Ibiza, carregadas de mensagens em suas letras, que se conectam perfeitamente com as raízes da artista. O ano passado ainda foi marcado pelo seu set by Favela Camp no Virtual Burning Man Multiverse 2020.

Carolina Ribeiro, mais conhecida como Curol, é de Belo Horizonte, Minas Gerais. Violonista, guitarrista, fotógrafa, DJ e apaixonada por percussões afro latinas, groove com influências tribais e harmonias tropicais, a artista vem absorvendo e vivenciando os vários ciclos e nichos do cenário musical desde 2003. Dedicada a explorar todo o seu potencial cultural, seu som incorpora elementos de tech e progressive house com afro, tribal e MPB de maneira inovadora. Em 2019, alcançou a posição 84 no Top Djanes Brasil e em 2020 a posição 35, e já pôde se apresentar em dois palcos do Universo Paralelo (Chill Out e Tortuga). Recentemente, lançou “Abô” pela gravadora boliviana Subliminal Senses, que entrou e subiu para posição 31 no chart top 100 de Afro House do Traxsource.

Mary Mesk e Curol prometem muitas novidades ainda por vir, além de “The Way”. Mariana garante diversos singles, focando em manter um release por mês. Além disso, a artista tem um podcast mensal, o “Wave Cast”, onde traz sempre sets com novas referências e inspirações junto das tracks que vem trabalhando, sempre cheia das ID’s. “Para esse ano, gostaria de trabalhar em mais live sets especiais. No ano passado tive toda produção da ‘Living Places’ e foi uma experiência sensacional que eu gostaria de repetir, então podem aguardar por mais live sets”, finaliza Mary.

Curol também vem crescendo sua posição na cena nacional e mostra o porque merece tal lugar. “Tenho um live set que gravei para o Só Track Boa e em breve vão divulgar a data. Recentemente ganhei suportes do Illusionize e Vintage Culture e isso me abriu algumas portas que em breve eu vou poder contar”, explica Curol.

Leia também: Ouça “Lost In Time”, nova collab de Bruno Be e Meca, lançada pela CONTROVERSIA

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

DJ, produtor musical e estudante de publicidade, seu objetivo de vida é emocionar as pessoas e fazer com que elas sintam lá no fundo algo confortante. Seja tocando em festas, produzindo suas próprias tracks ou escrevendo textos, acredita que a música eletrônica tem o potencial único de unir pessoas e trazer bons momentos e experiências inesquecíveis.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome