Tomorrowland planeja novo festival virtual na virada do ano

site Tomorrowland

De acordo com a Billboard, o Tomorrowland está planejando um novo festival virtual na virada do ano. A primeira edição online do festival aconteceu em julho e trouxe um novo conceito para a realidade de transmissão de shows. Com mais de 140.000 ingressos vendidos, o público pode escolher entre os oitos palcos da ilha de Pāpiliōnem.

De acordo com a matéria da revista, foram gastos mais de 10 milhões de Euros para a execução do Tomorrowland Around the World, sendo que uma parte desse montante foi investimento do próprio Tomorrowland em tecnologia e filmagem dos DJs nos quatro continentes. De acordo com Michiel Beers, co-fundador do festival, considerando que também houve investimentos de parceiros, mídia e patrocinadores, o evento praticamente atingiu um equilíbrio financeiro.

Apenas de ingressos, o Tomorrowland faturou 1.3 milhões de Euros. ‘‘O Tomorrowland Around the World foi um investimento em um tipo de evento que pode acontecer mais de uma vez, por exemplo no inverno, como um complemento a edição de verão que acontece em julho na Bélgica”.

Enquanto a maior parte dos festivais de música cancelou os eventos durante 2020, o Tomorrowland criou o evento virtual com apresentações exclusivas dos maiores nomes da música eletrônica, além de um especial de 15 minutos da cantora Katy Perry. Em dois dias o line up contou com 67 artistas, que receberam o cachê relacionado a um cálculo compensatório de ingressos vendidos.

Os artistas foram classificados de acordo com seu valor de mercado e cada um deles teve o pagamento relacionado a quantidade de ingressos vendidos vs um valor acordado pelo festival, como por exemplo: os maiores DJs variaram de acordo com as negociação individuais, e os menores tiveram como base o cálculo de 0,01 Euros x quantidade de ingressos vendidos (considerando 139.324 ingressos vendidos, os cachês variaram a partir de 1.393 Euros).

tomorrowland

O Tomorrowland considerou a média de 8 pessoas assistindo o evento por ingresso, o que totaliza mais de 1 milhão de expectadores no total. Foi uma grande oportunidade para os DJs alcançarem um novo público e testar novas músicas, além de mais pessoas entrarem no mundo mágico do festival.

Os organizadores do Tomorrowland Around the World tiveram apenas 2 meses e meio para desenhar tudo do zero, sem nenhum tipo de histórico em eventos digitais. Desde a personificação de cada pessoa nos palcos, até efeitos de luzes, fogos de artifício em conjunto com as diversas câmeras que capturaram os sets dos DJs em estúdios de tela verde. Com mais tempo para a realização de uma nova edição, os organizadores já pensam em como fazer uma maior interação entre o público.

Lembrando que com a incerteza da realização de grandes eventos em um futuro próximo, os organizadores tomaram a decisão de cancelar a edição de 2021 do Tomorrowland Winter, que aconteceu pela primeira vez em abril de 2019, em Alpe D’Huez, na França. Ficamos no aguardo de maiores detalhes sobre as próximas edições do festival.

Tomorrowland festival virada

Leia também: AMF fará evento virtual para celebrar o Top 100 DJs 2020 da DJ Mag

CONFIRA MAIS:

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre festas e festivais de música, clique aqui
- Para participar dos nossos grupos exclusivos de wsapp e receber as novidades em primeira mão, clique aqui

- Siga também nossos perfis no Instagram: @bruejode e @wegoout

Tem duas paixões na vida: viagem e música. Com mais de 30 países na bagagem e muitas histórias em festivais, escolheu os cinco dias acampada na lama do Glastonbury e a mágica de trabalhar no Tomorrowland Bélgica como as experiências mais incríveis que já teve.

Comente aqui:

Comente aqui!
Por favor, preencha com seu nome