Usina 5: um headliner a parte para Tribaltech

Não há fórmulas, mas todo bom festival geralmente possui artistas regionais, nacionais, apostas e headliners. Os últimos citados carregam a missão de trazer a maior fatia do público para o evento e costumam moldar o perfil artístico da marca. Entretanto, eles não são necessariamente artistas e especialmente nos últimos anos alguns festivais tem apostado em outros tipos de headliners, como cenografia, performers e locações fora do comum.

Ano passado a Tribaltech promoveu uma importante mudança em seu DNA ao apresentar a Usina 5, complexo industrial localizado dentro de Curitiba, como palco de sua edição Escape. Esse ano, com um melhor entendimento das possibilidades e potencial do espaço, o complexo se torna mais que uma novidade: passa a ser headliner na programação.

Com a Usina 5, a Tribaltech incorpora um espírito warehouse que está presente na história da dance music global – contam os mais antigos que o próprio nome house music derivou da palavra warehouse. Escolas tradicionais da música eletrônica, como Chicago e Manchester por exemplo, viveram momentos históricos em raves organizadas em galpões industriais abandonados.

É necessário lembrar que o espaço também trouxe a T2 (organizadora do evento), uma significativa tranquilidade no que diz respeito a montagem e produção da Tribaltech. Ao abandonar seu legado open air o festival conseguiu se programar melhor em relação a formatação de palcos, um dos grandes diferenciais do evento até então que volta e meia era prejudicado por conta do mal tempo.

Esse novo momento de locações da cena nacional traz uma espécie de resgate a um período importante no desenvolvimento da eletrônica global. Clubs luxuosos com camarotes elevados perdem força em prol de um espaço capaz de oferecer uma experiência mais genuína e conectada com o que sempre deve ser valorizado independente de tudo: a música.

Usina 5

Para Enlighten, nome dado a edição 2018 da Tribaltech, nomes como Modeselektor, Ben Klock, Len Faki, Mano Brown, Patrice Baumel, Planet Hemp e Anthony Parasole estarão divididos entre 6 palcos, numa formatação nunca antes aplicada a Usina 5 e que corresponde a quase 100% do complexo.

Portanto, além de marcar na agenda um espaço para assistir de pertinho seus artistas preferidos, aproveite para explorar a Usina 5 e desvendar pequenos detalhes e ambientações que estão sendo preparados exclusivamente para essa edição.

Leia Também:

Texto por: Alan Medeiros

✨ CONFIRA MAIS! ✨

- Para receber cupons de desconto e mais informações sobre as festas e festivais, ou para dúvidas sobre o Tomorrowland, clique aqui!

- Participe dos nossos grupos exclusivos de whatsapp de Festas de Réveillon , Universo Paralello, Tomorrowland e mais! Veja todos os nossos grupos aqui: We Go Out Together

- Participe do nosso grupo do Telegram neste link!

- Siga, colabore e curta nossas playlists do Spotify neste link!

– Para ter acesso a mais dicas sobre festas e festivais de música siga nossos perfis no Instagram @wegoout e @bruejode e curta também nosso canal no Youtube mimi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here