Fica a Dica

Dicas de Ano novo em Barcelona

Jode Seraphim

Jode Seraphim

10 de janeiro de 2016

Dicas de Ano novo em BarcelonaFica a Dica

Já fazia um tempo que eu tinha decidido passar o ano novo em Barcelona para visitar duas amigas que estão morando na Europa. Eis que era Agosto, eu estava dirigindo e a Bru me liga: “Jode, a American Airlines está com erro no sistema, a passagem de ida e volta SP-Barcelona está R$1200 com taxas”. Minha reação foi imediata: “Amiga, compra agora que vou te falando meus dados pelo celular mesmo”. E assim, graças as notificações do site Melhores Destinos e a Bru, comprei minha passagem muito barata para a Europa. Claro que nem tudo é tao perfeito - meu voo de ida foi SP – NY - Barcelona e de volta Barcelona – Miami – SP, mas nem posso reclamar pois apesar dos voos longos aproveitei para conhecer NY e fazer umas comprinhas no outlet de Miami! 

Na verdade o primeiro destino que íamos nos encontrar era Lisboa (história para outro post), e só chegamos em Barcelona dia 29 de noite.  Antes de viajar eu já tinha pesquisado as melhores baladas da cidade e já tínhamos decidido ir neste dia para a festa Crappy Tuesdays na sala Apolo.

Sabendo que as baladas em Barcelona abrem depois das 00h e enchem depois das 02h, pegamos o último metro até lá. A saída do metro Paral.lel é na entrada da sala Apolo, super fácil de chegar. Fomos procurar algum lugar para o esquenta, andamos pela rua Carrer Nou de la Rambla, e no outro quarteirão já achamos uns lugares para ficar. Comemos e bebemos e a conta deu muito barata – pagamos $1 euro pela cerveja, $2 euros pelos shots e $2,5 euros por uma vodca com energético. Valeu bastante a pena!

Depois das 02h resolvemos nos agilizar para entrar na balada.  O teatro Apolo é um dos mais conhecidos de Barcelona, com festas famosas. A principal é a Nasty Mondays, toda segunda-feira, e assim como todas as baladas de lá, acontece das 00h00 às 05h00. São duas pistas, uma que toca mais rock (e suas variações) e outra mais para o eletrônico.

..

Vindo como um derivado dessa festa, surgiu a Crappy Tuesdays, que agita todas as terças da cidade. A diferença para o dia anterior é que a pista principal toca um Indie rock mais pop (Strokes, Killers...) e foi exatamente isso que vimos lá. A noite inteira foi bem animada com muitas pessoas bonitas (muitas, mesmo!), curtindo a música e o lugar. A maioria das pessoas eram locais, na faixa de 25 a 35 anos. O estilo da festa me lembrou muito o Beco 203 aqui de São Paulo, pela música e vibe mais indie rock, mas com uma galera mais velha e menos alternativa. Conhecemos vários locais,  hablamos mucho español e quando acabou a festa, a luz acendeu e começaram a jogar jatos de fumaça para expulsar o pessoal da pista.

 

Acordamos tarde no dia 30 e fomos almoçar em Las Ramblas, no principal mercado da cidade: La Boqueria. Eu já tinha visitado Barcelona antes e tinha amado aquele lugar – milhares de frutas e sucos de fruta maravilhosos por um euro. Além da variedade de frutos do mar e sanduíches de jamon! É bem turístico, mais caro que os outros lugares de la, mas sempre vale a visita. Depois disso andamos bastante pela cidade e voltamos para as Ramblas a noite para jantar no La Fonda, um restaurante sensacional com uma paella maravilhosa.  Comemos e bebemos muito vinho por 16 euros ~80 reais. Achei o preço bem justo, na verdade barato pela qualidade do lugar.

. 

No dia 31 nós fizemos vários passeios turísticos: Parque Güell (para mim o lugar mais bonito de turismo da cidade), Sagrada Família e as famosas casas de Gaudi. Compramos comida para comer no hostel e fizemos nossa ceia por lá mesmo!

. 

Lá pelas 23h saímos para a Plaza España, onde o pessoal da cidade se reúne para fazer festa e assistir os fogos de artificio. Estava bem cheio e foi tudo muito divertido, com todo mundo desejando um Feliz Año e o clima foi sensacional. Ficamos bebendo por até depois da 01h quando resolvemos ir para a balada de ano novo, que tínhamos decidido ser a Opium, uma das mais famosas de Barcelona.

. 

A rua da Opium é a das principais baladas da praia de Barceloneta. Você passa pela Catwalk, pela Pachá, Shôko, e num muro preto você já vê o símbolo da Opium. Ali é a entrada e é só descer para entrar na de fato na balada, que é realmente muito legal! Decoração linda, vista para a praia e dois ambientes ligados com alguns espaços de camarote. Pagamos $50 euros na festa do ano novo – caro, mas era a média de preço de todas as baladas mais famosas com direito a um drink. Tocava eletrônico comercial, tinha gente do mundo todo, mas a festa estava muito cheia. Foi legal, mas dava para ter se divertido mais se o tanto de pessoas fosse mais compatível com o espaço.

. 

No dia 01 fomos passear mais pela cidade e comer na praia de Barceloneta – erro, os restaurantes lá são bem mais caros que em outras partes da cidade. A noite fomos andar pelo bairro Gótico, e viramos a noite indo de bar em bar até dar o horário de ir para casa fazer as malas e ir para o aeroporto.

 

Resumindo minha viagem, Barcelona é sensacional! Eu conheço várias cidades da Europa e de longe ela é uma das minhas preferidas. O clima, a comida, a beleza natural da cidade, as pessoas bonitas, mil festas acontecendo todos os dias... tudo isso faz você querer ficar mais um pouquinho! É um lugar que TEM que estar no destino de quem vai passear na Europa e também é uma ótima opção para o ano novo – a cidade fica cheia e não é tão fria quanto os países vizinhos!

ano novo em barcelona

DICAS:

PASSAGENS:

Programem o ano novo com antecedência e fiquem de olho em promoções. Esses erros de cias aéreas como o que eu peguei são raros de acontecer, e só consegue aproveitar quem segue sites e páginas no facebook que dão dicas de viagens!

TRANSPORTE:

Da para fazer tudo de metro. A passagem única custa $2,40 euros, enquanto um ticket de 10 viagens custa $9.90 euros. Vale muito a pena comprar este último e sair passeando pela cidade sem se preocupar com isso.

HOSPEDAGEM:

Como deixamos para a última hora, tínhamos duas opções: pagar uma fortuna para ficar no centro ou pagar menos e ficar em quartos privados longe. Escolhemos a 2ª e ficamos a 30 minutos de metro do resto da cidade, o que acabava atrapalhando um pouco. Nossa dica aqui é, de novo, se programe com antecedência e fique em algum lugar mais pelo centro perto das Ramblas ou da praia de Barceloneta.

BEBIDAS:

Assim como na maioria das cidades, vale a pena comprar bebidas no mercado e beber antes de sair. Os mesmos vinhos que custavam $810 euros nos bares custavam $3$4 no mercado. Se você quiser economizar essa é uma ótima opção!

ALIMENTAÇÃO: 

Nas ramblas tem muito lugar com opção de menu com paella por 10 euros, mas são bem turísticos e de baixa qualidade. Vale pesquisar mais e ir em um restaurante bom que fique em alguma das ruelas. Para matar a fome no meio do dia existe uma rede de fast food chamada 100 montaditos, com lanchinhos e cerveja por 1 euro cada!

Leia Também:

Jode Seraphim

Jode Seraphim

Graduação em Marketing (USP); 1 ano de experiência em Marketing Digital na DHL (Alemanha); 12 anos de experiência nas áreas de marketing, mkt digital e trade. Onde encontrar: comemorando os fogos no mainstage

CONFIRA MAIS

Ler mais

NOTÍCIAS RELACIONADAS