Festival

Confira os destaques brasileiros que vão tocar na TribalTech Escape

Bruna Antero

Bruna Antero

28 de setembro de 2017

Confira os destaques brasileiros que vão tocar na TribalTech EscapeFestival

O festival TribalTech Escape, que acontece em Curitiba no dia 7 de outubro, reúne grandes artistas da música eletrônica. No meio deste elenco, tem destaque a presença brasileira, num pulsante retrato do grande momento que a cena nacional vive: público consolidado no país e crescente reconhecimento internacional. Já numa fase de contagem regressiva, o evento traz toda a diversidade e qualidade desta cena verde-amarela.

 

Vetereanos no front

 

No palco principal, há dois dos maiores nomes da e-music nacional: Victor Ruiz e Renato Ratier. Ruiz se destacou no techno, cenário do qual faz parte há uma década. Sua sonoridade mistura melodias com uma base potente e dançante, que o levou a alcançar o Top 100 do site especializado Beatport duas vezes. Lançou tracks por gravadoras como Yoshitoshi, Sudbeat Music e Electric Ballroom, entre outras. Renato Ratier, em seus 20 anos de carreira, se tornou um marco da cena brasileira. Dono do conceituado club D-EDGE (SP) e sócio do Warung Beach Club (SC), participou de coletâneas de selos renomados como Kompakt, Get Physical e No. 19 Music. Tribaltech Escape

 

Voltado às novidades, o palco Timetech reúne mais atrações estrangeiras, mas também revela talentos brazucas. O duo Stekke é a parceria entre Ale Reis e Renee Mussi, em um projeto que caminha entre o dub e o minimal, focando sempre na inovação. Prata da casa, o curitibano Gromma é um dos mais requisitados da D Agency. Recentemente, fez uma tour pela Europa, passando por Alemanha, Grécia, Portugal, Holanda e Irlanda.

 

Trance e lançamentos internacionais

 

Entre os destaques do Progressive Stage, estão Element e Vegas. O primeiro é um dos principais nomes do trance atual, tendo passado por festivais como Universo Paralello e Ozora. Ele também organiza grandes eventos eletrônicos, em especial destacando o trance, como Adhana Festival e a Progressive. Já Vegas carrega a brasilidade como uma bandeira: seus sets tem forte presença de vocais em português com samples de ritmos indígenas.Tribaltech Escape

 

Blancah é um dos destaques do Burn Energy Stage. A brasileira uniu forças com o selo berlinense Steyoyoke, valorizando suas composições melódicas. No ano passado, foi premiada como revelação no Rio Music Conference, alavancando sua carreira. No mesmo palco, HNQO se apresenta com Fabo, com quem administra o selo Playperview (também com Soundman Pako). HNQO tem marcado para 20 de outubro o lançamento de seu novo álbum pela Doc Records, gravadora de Gui Boratto com distribuição pela lendária Kompakt. O lançamento será um dos pontos altos da música eletrônica brasileira para este ano. width=

 

Supercool

 

O palco Supercool conta com vários artistas nacionais. Joutro Mundo apresenta um som bem diferenciado na TribalTech. O Dj produz festas no Rio de Janeiro como Reza, Croma e Bootleg. Após um show no Rock in Rio de 2013, se tornou referência na cena nacional de nu-disco. Ney Faustini é conhecido dos clubs de destaque no Brasil, como Warung e Vibe, com seu nome associado a labels do underground como Appian Sounds e Foul & Sunk. Ele marcou presença entre as atrações do Rock in Rio deste ano.

*

O Festival - Tribaltech Escape

São seis palcos no total, distribuídos pelos 49 mil metros quadrados da área de uma fábrica desativada, no Prado Velho, que receberá uma grande estrutura. Ingressos estão à venda  no site Alô Ingressos e nos pontos e venda no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Mais informações sobre o festival você encontra nesse post!

Bruna Antero

Bruna Antero

Pós-Graduação em Engenharia de Marketing (USP); Graduação em Administração (UFPR PR); 13 anos de experiência nas áreas de marketing, trade e vendas. Onde encontrar: em algum palco underground explorando novos artistas e em alguns afters

CONFIRA MAIS

Ler mais

NOTÍCIAS RELACIONADAS