Entrevista

Entrevista | Eli Iwasa e sua pluralidade no Tomorrowland Brasil

Otávio Apovian

Otávio Apovian

18 de outubro de 2023

Entrevista | Eli Iwasa e sua pluralidade no Tomorrowland BrasilEntrevista

Construindo um set incrível com a DJ Valenttina Luz, a DJ e produtora cultural Eli Iwasa bateu um papo pra lá de especial com o We Go Out, diretamente do Tomorrowland Brasil. Com uma apresentação bombástica no palco Essence By Becks, o show contou com uma seleção afiadíssima de faixas, como de costume das artistas, e que conseguiu se comunicar com novos públicos, conquistando ainda mais pessoas por meio de muita música boa. Vem conferir:

Acabou de sair do palco, B2B com a Valenttina, conta pra gente, como foi?

Foi super emocionante! A gente nunca sabe como como vai ser uma apresentação e aí é maravilhoso quando parece que tudo vai se encaixando e tudo dá certo…  a energia na pista tava realmente palpável quase no ar, sabe tava um absurdo!

Foi muito legal e é sempre um prazer né dividir a cabine com a Valentina, acho que é muito simbólico a gente tá juntas aqui no Tomorrowland.

E assim, falando sobre B2B você vem fazendo uns B2Bs com várias sonoridades diferentes, a gente acabou de ver você com Doozie, teve Vintage, teve ANNA, conta pra gente, como que você constrói? 

O B2B na verdade meio que te tira um pouco da zona de conforto né, porque é uma construção a dois, três, quantas pessoas estiverem tocando. É muito legal porque te permite percorrer outras sonoridades, mostrar outras coisas, tocar coisas diferentes que às vezes eu não consigo, ou não tocaria num set normal meu; é muito divertido e quando dá certo. 

Difícil não dá certo né! Tá sempre ali mantendo a energia!

Mas quando dá certo mesmo é muito divertido assim... é muito é gratificante.

*Eli Iwasa B2B Valenttina Luz no palco Essence By Becks | Foto: Divulgação

E você, super multifacetada, acho que a gente já fez algumas entrevistas falando de todos os seus talentos aí e eu tenho uma perguntinha, uma dúvida: tem alguma coisa que você ainda não faz que você queria fazer na cena?

Eu quero ter meu próprio selo. É uma coisa que eu quero fazer em breve. Eu só não segui com isso porque eu tô muito sem tempo, porque são muitas coisas pra administrar. Eu acho que um selo musical é o próximo passo, até pra poder meio dividir esses espaços né que a gente vai construindo e conquistando com o tempo com outras pessoas é muito legal isso!

Pra fechar, que que você tem pra contar pra gente? A gente sabe que a sua agenda tá cheia e esse ano foi explosivo...

Então, esse ano agora o verão é trabalhar sem parar né…  a gente tem algumas aberturas no Gate22 também bem importantes eu acho que eu posso contar… vocês querem uma notícia em primeira mão?

Sim!

Vocês querem? Então, a gente tem o Monolink né agora em novembro, dia 11 e a gente vai ter o Hernán Cattáneo em janeiro! Spoiler pra vocês! Porque eu amo vocês!

Para ficar por dentro das novidades sobre as festas, participe do nosso grupo de WhatsApp Festas & Festivais de Música e para conferir nossos outros grupos clique aqui!

Leia também: Entrevista | ANNA faz história e toca nos três dias de Tomorrowland Brasil



Otávio Apovian

Otávio Apovian

Graduado em Publicidade (ESPM-SP); DJ e produtor musical no projeto Apollorabbit. Onde encontrar: nas pistas mais obscuras e com sons cabeçudos

CONFIRA MAIS

Ler mais

NOTÍCIAS RELACIONADAS