Música

Jessica Brankka estréia com EP "Lampião" pela Frau Blau Records

Otávio Apovian

Otávio Apovian

23 de agosto de 2021

Jessica Brankka estréia com EP "Lampião" pela Frau Blau RecordsMúsica

A DJ e produtora Jessica Brankka marcou sua estréia na cena fonográfica no dia 16 de Julho, com seu EP "Lampião", em parceria com o sul-africano Floyd Lavine. A curitibana baseada em São Paulo junto do expoente do afro-house baseado em Berlim lançaram o EP pela label israelense Frau Blau Records.

E não demorou muito para que as faixas começassem a repercutir na cena mundial, fazendo com que alguns medalhões se rendessem à criação da dupla. Solomun, por exemplo, tratou logo de incluir a versão original (African Techno Mix) na sua playlist oficial no Spotify, Solomun Momentum, na atualização de duas semanas atrás.

 class=

A obra gira em torno da faixa-título criada por Jessica e Floyd: uma pérola potente que combina a musicalidade afro-brasileira com a africana, revestida por elementos de house e techno. A parceria nasceu através da agência WRX Entertainment, de Wesley Razzy, que agencia a carreira de Brankka e também representa Floyd no Brasil. 

" Quando finalizei a música, eles me deram a ideia de mandar para ele, por ter uma pegada bem parecida com o seu som. Felizmente, ele gostou muito, e decidimos lançar juntos", conta a debutante.

 class=

" Para mim, colaborar é a chave para criar algo diferente. A colaboração com a Jessica foi orgânica, gostei da vibe da demo que ela me mandou. É bom ser parte da jornada de um novo artista. Ela é uma pessoa comprometida, determinada e tem um grande futuro na indústria musical", declara Floyd.

Os vocais de "Lampião" são samples de "Lampião Subia a Serra", canção do mestre de capoeira Mestre Barrão que fala sobre a clássica história do casal de cangaceiros Lampião e Maria Bonita.

" Maria Bonita era mulher macho, não exercia um papel de mulher normal dona de casa. Ela era companheira de Lampião, e juntos, lideravam seu bando. É considerada por todos uma mulher muito empoderada, que fez história e mudou o sertão — e é essa força feminina que quero levar nas minhas músicas. Mulheres empoderadas me inspiram muito", explica Brankka.

O EP continua com quatro remixes, feitos pelo duo britânico Stereo MCs, o grupo suíço Alma Negra, o produtor turco Baris K e o produtor israelense Uriah Klapter; o primeiro e o último, trazendo propostas mais melódicas e hipnóticas, enquanto os dois do meio são mais minimalistas e dubby.

" Quando terminamos a produção, fizemos uma lista de gravadoras para as quais gostaríamos de mandá-la, e a Frau Blau estava no topo. Eu tenho um bom relacionamento com eles, e assim que enviei a faixa, eles amaram. A partir daí, trabalhamos em conjunto para escolhermos os remixers certos. Estou muito feliz com todos eles, e é um bônus poder ter o lendário duo Stereo MCs, Alma Negra, Baris K e Uriah Klapter. São todos muito talentosos", complementa Lavine.

Com o resultado, Jessica Brankka já se coloca de primeira em um patamar privilegiado, do qual contamos com grandes lançamentos repletos de originalidade e qualidade daqui pra frente.

" Identidade é algo que você vai construindo aos poucos, experimentando. Estou em busca da minha, e Lampião vem para dar início nesse processo e mostrar a mistura perfeita entre o techno e o afro house, que são dois estilos em que eu transito muito", conclui a DJ.

Confira o EP Completo:

Leia também: Sage Act lança "Storm" pela própria label, Sage Records

Otávio Apovian

Otávio Apovian

Graduado em Publicidade (ESPM-SP); DJ e produtor musical no projeto Apollorabbit. Onde encontrar: nas pistas mais obscuras e com sons cabeçudos

CONFIRA MAIS

Ler mais

NOTÍCIAS RELACIONADAS